« Home | Carta aberta » | A IKEA sempre a inovar » | O meu passarito e a luz » | Mais um massacre chinês » | Justiça? » | Palavras de Domingo de manhã » | Dúvidas de Domingo de manhã » | Quando um homem muda para melhor e começa a ler jo... » | Louvores e esperanças » | Música(s)...porque a gente cresce!! »

terça-feira, julho 07, 2009

Não há jantares grátis

Há coisas de consciência que são tramadas. Mas que têm de ser ditas sob pena de eu perder a “autoridade” para poder criticar outros. Porque não posso admitir para mim o que não admito nos outros. Por isso não posso de forma alguma concordar com a colagem dos trabalhadores da Autoeuropa ao jantar do Manuel Pinho. Porque tal facto não corresponde à verdade.
.
Nada tenho a ver com o facto do meu camarada António Chora ter ido ao dito jantar, mas já tenho a ver quando é publicitado que o Coordenador da CT que me representa esteve no jantar. E outra coisa não seria de esperar. Seria ingenuidade pensar que o coordenador da CT da Autoeuropa poderia ir, nesta altura política e laboral, em nome individual àquela ocasião.
- Não consigo esquecer, e provavelmente muitos outros colegas meus, que este ex-ministro ofendeu os trabalhadores da Autoeuropa publicamente porque discordava das nossas posições.
- Não consigo esquecer, e provavelmente muitos outros colegas meus, que este ex-ministro defendeu na China os baixos salários dos trabalhadores como razão para sermos competitivos.
- Não consigo esquecer, e provavelmente muitos outros colegas meus, de todas as ausências de apoio deste ex-governante.
.
Por isso, não aceito que a pessoa em quem eu votei para me representar enquanto trabalhador tome esta atitude e quero crer que houve apenas, e este apenas não é assim tão pequeno, um erro. Que a presença no jantar não tenha conteúdo político. Mas, infelizmente, os erros na vida e na política pagam-se. Seja no PCP, no PS, no PSD ou no Bloco. Talvez se o Chora viesse hoje à empresa, dizer que tinha cometido um erro, um engano na avaliação do impacto que este jantar iria ter, fosse possível evitar males maiores.
.
Como diz o Abominável Cesar das Neves “não há almoços grátis” e por isso eu não janto à mesa de quem me retira o pão de cada dia.
Nunca nos devemos esquecer que errar é humano. Insistir no erro é americano.
.
Lamento não ter tido resposta ao mail que enviei ao Coordenador da minha CT e meu camarada de Partido. Se calhar poder-se-ia explicar alguma coisa. E estas linhas não fariam sentido. Seriam desnecessárias. Mas o Coordenador da minha CT e o meu camarada de Partido, passou olimpicamente por cima do meu mail. Provavelmente não serei merecedor de uma explicação. O que não me importa muito. Provavelmente para isso também há uma explicação. O que também não me importa muito.
.
O que verdadeiramente importa é que se aproximam tempos difíceis, ou não, para os trabalhadores que o Chora representa. Obviamente aí não vou admitir não respostas. Porque após anos a defender a comissão liderada pelo Chora vou ter de saber exactamente de que lado da mesa de jantar ele está. Nunca me enganei redondamente numa pessoa. Espero e acredito sinceramente que o Chora não seja a primeira pessoa.

Etiquetas:

31Comenta Este Post

At 7/07/2009 2:39 da tarde, Anonymous fj escreveu...

Com os dados que temos ( nenhum, ou quase)tens razão, o gajo parece que exagerou.

 
At 7/07/2009 3:44 da tarde, Anonymous Igor escreveu...

Pois eu acho muito bem. Se há coisa que o BE tem de fazer é preparar-se para governar e não estar COM PRURIDOS DESNECESSÁRIOS E BUROCRÁTICOS, como outros partidos que eu cá sei

Força Chora

(já agora, uma pequena correcção é "à" e não á)

 
At 7/07/2009 4:22 da tarde, Blogger samuel escreveu...

Sem qualquer segundo sentido... muito bom post!

Abraço.

 
At 7/07/2009 5:57 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Samuel só é pena não existir esta frontalidade no PCP.....

 
At 7/07/2009 6:26 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

“após anos a defender a comissão liderada pelo Chora” chega à mesma conclusão que tantos de nós já chegaram? Que o importante é defender os trabalhadores? Penso que ainda não chegou aí e que só está a defender-se a si próprio.

 
At 7/07/2009 7:16 da tarde, Anonymous Vítor escreveu...

Ao anónimo 5:57

Pois, resta saber se é por falta de vontade ou se porque os militantes do PCP têm um pouco mais de tino na cabeça.

Cheira-me que é mais a segunda hipótese. O BE aceita tudo, e temos gente do BE a defender discursos muito próximos da direita, e, claro tem de lidar com estes dislates.

O PCP é mais rigoroso, e não tem de passar por estas situações constrangedoras.

Igor, deixe de ser fanático.

 
At 7/07/2009 7:24 da tarde, Blogger Isabel Faria escreveu...

Ao último Anónimo,
Desculpe lá, de repente lembrei-me e, obviamente isto vem a propósito do seu comentário sobre o "rigor" do PCP e não sobre o post do Daniel,ou quem quer que seja dentro do meu Partido, dos ex-militantes/dirigentes do PCP, Zita Seabra, Pina Moura...e deu-me imensa vontade de rir.

 
At 7/07/2009 8:39 da tarde, Blogger manuelmgaio escreveu...

Mas afinal em que qualidade é que o Chora assistiu ao jantar?
Como membro da CT, como dirigente do BE, como trabalhador agradecido ou como amigo?
E foi convidado ou foi dos que convidou?
Já não é a primeira vez que o Chora tem posições polémicas sem esclarecer em que qualidade fala ou escreve.
Veja como atacou os sindicatos a propósito da crise.

 
At 7/07/2009 9:27 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Zita Seabra foi expulsa, Pina Moura saiu pelo seu pé e depois de saírem ambos fizeram o que muito bem entenderam como aliás é direito de qualquer cidadão. Está a pensar propor a expulsão do seu colega de direcção ou está a dizer que o Chora vai sair? É que por enquanto continua a ser dirigente do BE e até o responsável pelas questões laborais.

 
At 7/07/2009 9:33 da tarde, Blogger maugustomonteiro escreveu...

O chamado "novo sindicalismo" dá nisto.
Quando um operário perde as referências revolucionárias de classe entra no jogo das classes dominantes e vai a jantares de ex-ministro cantar loas a um representante de um governo do capital.
O Sá Fernandes deu no que deu. O Chora também não vai por bons caminhos. Acautelem-se.
Manuel Monteiro

 
At 7/07/2009 9:47 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

“O que verdadeiramente importa é que se aproximam tempos difíceis, ou não, para os trabalhadores que o Chora representa. Obviamente aí não vou admitir não respostas. Porque após anos a defender a comissão liderada pelo Chora vou ter de saber exactamente de que lado da mesa de jantar ele está.”

Ainda não sabe? Irra!

 
At 7/07/2009 11:38 da tarde, Blogger Fura Fura escreveu...

Confesso agora é que não estou a perceber nada disto, ou será que estou??
Preparados para governar com quem??
Jantar com o ex-ministro de Sócrates, por quê ?? Por quê ??
Não podia estar mais de acordo com o título "Não há jantares grátis"
E para aqueles que dizem a tudo que sim, devem se lembrar que a história dos movimentos revolucionários a nível mundial, foi derrotado em parte pela falta de massa critica e pela BUROCRATIZAÇÃO dos Partidos de Esquerda.
Viva o Bloco de Esquerda

 
At 7/07/2009 11:40 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Caro Vitor o PCP , tem militantes que são cidadãos esforçados , e defensores dos interesses do povo, e militantes OPORTUNISTAS sectários, procurando o tacho, que o poder do PCP em muitas autarquias concede.

E para não vir dizer que quer exemplos, cito um bastante recente.

O advogado Pedro Namora, militante do PCP, esteve na Camara de Loures quando o PCP a dirigia, depois foi para a Camara de Odivelas dar assessoria a vereadores do PCP, por ultimo esteve na Camara de Setubal, onde segundo a actual Presidente e tambem ela militante do PCP, tinha um óptimo TACHO e não queria fazer nada.

Mas como o Pedro Namora que entretanto se vai candidatar pelo PPM temos dezenas ou centenas de outros Namoras, que pululam nas Camaras de Almada, Seixal, Sesimbra, Moita, Setubal etc etc etc.

Todos eles defendendo com denodo o PCP, escrevendo alguns artigos altamente ofensivos no Avante , enfim tudo boa gente, e todos dispostos a obedecer cegamente ás ordens do CC, até ao dia em que o TACHO, se acabe.

No BLOCO DE ESQUERDA não se aceita tudo como diz, e isso só pode vir de alguem que pouco sabe o que é o BE , ou mesmo nem quer saber.

Mas há uma coisa em que o BE marca pontos ao PCP, é que este tipo de debate pode-se ter no Troll no Arrastão, porque são Blogues abertos e sem censura, o que infelizmente não se passa na esmagadora maioria dos Blogues afectos ao PCP, onde impera a censura ferrea, e o pensamento único.

 
At 7/08/2009 12:13 da manhã, Blogger Antonio Lains Galamba escreveu...

é pena sim. custa sempre ver camaradas contradizerem tudo aquilo que até então nos diziam acreditar.
gostei do post. não gostei da atitude do chora. sou militante do pcp. e sei que o chora não é o bloco, como o pina moura e a seabra não são o meu partido.
mas não acaba a primavera por morrer uma andorinha. já a minha avó dizia, vivendo e aprendendo.
abraço

 
At 7/08/2009 8:32 da manhã, Blogger Isabel Faria escreveu...

"Desculpe lá, de repente lembrei-me e, obviamente isto vem a propósito do seu comentário sobre o "rigor" do PCP e não sobre o post do Daniel,ou quem quer que seja dentro do meu Partido,"

Anónimo das 21,27h, o que vale é que eu duas horas antes já sei o que alguém vai dizer...alguns de vocês são tão prevísiveis que até cansa!!

 
At 7/08/2009 10:14 da manhã, Anonymous Anónimo escreveu...

"o que vale é que eu duas horas antes já sei o que alguém vai dizer...alguns de vocês são tão prevísiveis que até cansa!!"


Era exactamente isso que dizia o Miguel Portas aqui há uns anos, para justificar a candidatura divisionista à câmara de Lisboa... afinal a previsibilidade não passa de copianço retardado.

 
At 7/08/2009 10:38 da manhã, Blogger Isabel Faria escreveu...

Anínimo das 10.14, antes de escrever o anterior comentários, eu pensei com os meus botões: "o que raio vou dizer a isto??!! Ah, já sei vou roubar o que o Miguel Portas disse há não sei quantos anos e tenho o assunto resolvido..."

Como eu não tenho tempo agora, será que me podia ajudar a encontrar alguma citação de alguém do Bloco que encaixe aqui?? Obrigadão!

 
At 7/08/2009 11:55 da manhã, Anonymous Anónimo escreveu...

Não entendo qual é o problema de um representante dos trabalhadores ter jantado com um ex ministro e com a sua ex equipa de trabalho. Será que por ser do bloco de esquerda e representante de trabalhadores, não se pode ser afinidades e respeito por adversários políticos? É por estas e por outras censuras morais que o BE é semelhante ao PCP. Haja liberdade de pensamento e de acção pessoal para ver se este país anda para a frente!

 
At 7/08/2009 1:57 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

“Não entendo qual é o problema de um representante dos trabalhadores ter jantado com um ex ministro e com a sua ex equipa de trabalho.”

Ou como diz o membro da Comissão Política do BE António Chora, hoje ao DN: “Precisamos de um ministro igual a este”!

 
At 7/08/2009 3:16 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

E porque raio não pode o Chora ter uma opinião positiva sobre o Manuel Pinho.

Eu não tenho, mas eu não sou trabalhador da AutoEuropa, da Quimonda, ou da Fabrica Bordalo Pinheiro, por isso não posso afirmar se o ministro fez ou não algo de positivo , para manter os empregos nessas empresas.

Em relação á Auto Europa, e pelo que diz o Daniel Arruda, que é tambem trabalhador na referida fábrica, o ministro até terá tido comportamentos muito negativo,pelo vistos está em divergência com o Antonio Chora, possivelmente haverá trabalhadores que estarão mais de acordo com o Chora, e outros estarão de acordo com o Daniel, mas penso que o importante , é que a AutoEuropa, continue a garantir, o sustento dos trabalhadores que lá labutam.

E isso não está garantido, até porque a recusa da administração, em mudar o que quer que seja, aos dias de Lay-OPF não augura nada de bom.

A UNIDADE de todos os trabalhadores da AutoEuropa neste momento, é mais que nunca necessaria.

Os aprendizes de feticeiro, que por motivos partidários pretendam tirar dividendos da sua divisão, poderão vir a ser responsáveis dos despedimentos.

Lembrem-se da Opel da Azambuja......

 
At 7/08/2009 3:52 da tarde, Anonymous André Silva escreveu...

Eu acho é que o BE devia deixar de escolher o PCP como principal alvo a abater. Não tenho nada contra nenhum dos dois. Votei BE nas legislativas, CDU nas últimas europeias, ambos têm qualidade e defeitos.

Mas custa-me ver a forma como o Louçã abriu as hostilidades não convidando o PCP para o comício das esquerdas, facto que será muito dificilmente sanado. É a minha opinião sincera.

Já vi algumas das opiniões curiosas do Igor e sugiro-lhe que leia os princípios do be. Mas também não concordo em que censurem os comentários dele como fizeram há uns posts atrás.

 
At 7/08/2009 5:39 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Estou no Bloco De Esquerda, que é um partido que não ensina a ODIAR, AO CONTRÁRIO do PCP, partido onde militei....

Antonio Chora ao Diario de Noticias

André Silva e o que me diz dos artigos SEMANAIS do Avante, como um recente de um tal Leandro Martins, ou o do membro do CC José Casanova.

Afinal parece que o INIMIGO PRINCIPAL do PCP, é o BE, o Avante é dirigido pela direcção do PCP, e lá só é publicado aquilo que a direcção permite.....

 
At 7/08/2009 8:57 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

“Ou como diz o membro da Comissão Política do BE António Chora, hoje ao DN: “Precisamos de um ministro igual a este”!

Pois. Mas ele até disse mais.

Papagueando o líder eterno disse: “Como o convite era feito em termos pessoais não hesitei em aceitar (...). Estive ali em boa-fé (...) nem medi as consequências políticas de ter participado no jantar (...). Precisamos de um ministro igual a este (...) Falávamos regularmente”.

Como vê, amigos para sempre!

 
At 7/08/2009 8:59 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

"Se há coisa que o BE tem de fazer é preparar-se para governar"

Lá preparação não lhes falta. Como diz o Chora "Falávamos regularmente”.

 
At 7/08/2009 10:10 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Falavamos regularmente.

Aliás como o membro do Comité Central do PCP , e dirigente da CGTP Carvalho da Silva.

Ou como os autarcas do PCP, que regularmente falam com ministros e secretários de estado.

Ou até Jeronimo de Sousa que tem reuniões com bispos, patrões da industria, banqueiros, pois isso é uma das funções de exercer um cargo público.

Um membro de uma CT com o peso da AutoEuropa ou um dirigente sindical de um sindicato importante tem conversas regulares com ministros.

Por exemplo Mario Nogueira da Fenprof, teve e tem reuniões regulares com a ministra da Educação, e com o respectivo secretário de Estado, muito mais vezes que aquelas que vêm transcritas na comunicação social.

 
At 7/08/2009 11:00 da tarde, Blogger Joaquim escreveu...

Os amigos são para as ocasiões e os camaradas cada um é que os escolhe.O Chora só esteve solidário com os seus amigos(um jornal dizia que eram os membros do Staff do Pinho) e escolheu com quem sehuia caminho. Outros perferem seguir com os colegas, companheiros ou camaradas e trabalho.São opções.Louve-se a coragem ,
a solidariredade e a frontalidade do Chora

 
At 7/08/2009 11:42 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Agora equipara o coordenador da CT da Autoeuropa ao SG da CGTP, a Presidentes de Câmara, ao SG do PCP ou ao SG da FENPROF? Está visto, o cargo subiu-lhe à cabeça, o Chora pensa-se o maior!

 
At 7/09/2009 12:04 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Uma Fabrica com o peso na Economia Nacional, e nas exportações como a Auto Europa, tem como é lógico uma importãnia estratégica para o País.

Os membros de uma CT , eleita por uma esmagadora maioria dos votos dos trabalhadores da fábrica, têm por isso peso na sociedade portuguesa.

A comunicação social ao dar o relevo que dá ao Chora, só constacta o óbvio.

Aquilo que eu disse e que só quem é obtuso ou não sabe ler, é que quem representa os trabalhadores de uma fábrica com a importãncia da AutoEuropa, tem forçosamente de ter contactos com representantes do governo, sobretudo neste caso , com o ministro da economia.

O secretário geral da CGTP, o dirigente do PCP, os autarcas, têm peso , ninguem o duvida, o que eu disse é que a CT da AutoEuropa tambem o tem, e por isso a polémica que este assunto desencadeou, tal como as votaçóes dos trabalhadores, ou a discussão sobre a deslocalização etc etc etc.

 
At 7/09/2009 1:17 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

“quem representa os trabalhadores de uma fábrica com a importãncia da AutoEuropa, tem forçosamente de ter contactos com representantes do governo, sobretudo neste caso , com o ministro da economia.” ????

Mas o jantar era de despedida, está esquecido? E o Chora esteve lá alegadamente a título pessoal...

 
At 7/09/2009 3:55 da tarde, Anonymous João Carlos escreveu...

Anónimo das 5:39

Ora vamos lá ver se a gente se entende.

O samuel (candidato da CDU) vem aqui dizer que foi um bom post.

O anónimo seguinte (BE) vem insinuar que no PCP "não há frontalidade"

O Igor vem aqui atacar mais uma vez o PCP

E é o PCP que escolheu como alvo o BE?! Por amor de Deus!

Isto para não falar do "comício das esquerdas"... Tenha juízo!

 
At 7/16/2009 3:53 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

E agora já se percebe a palavra de ordem dos senhores Bloquistas propagandeada durante as últimas eleições europeias..."justiça na economia"...
RM

 

Enviar um comentário

<< Home