quarta-feira, fevereiro 10, 2010

FIM

Há um provérbio alemão que diz: Longo tempo não significa para sempre.

Foram cinco anos. Muitos dias. Alguns deles muito intensos. Agora, ao fim, sobretudo, cansados. Foram muitos posts, muitos comentários. E encontros e desencontros. E encantos e frustrações. Afinal, chamávamos ao Troll a nossa assoalhada. E ele fazia jus ao nome e portava-se tal qual a vida lá fora, a vida a sério.

Agora acabou. Um dia, quem sabe, a gente volta a encontrar-se por aqui. Por aí, no mundo real, nas lutas contra a injustiça, contra a discriminação, contra o capitalismo e pelo socialismo, todos sabem que nos encontrarão de certeza.

Deixamos o Zeca como o nosso Até Sempre!



Daniel Arruda
Leal Franco
Isabel Faria

Etiquetas:

Notas soltas sobre genes, com o “Começar de Novo” como pano de fundo

Publicado no site da Esquerda Nova, corrente de opinião do Bloco de Esquerda.

Etiquetas:

quinta-feira, fevereiro 04, 2010

Rosa Lobato Faria

Numa época em que os tributos são sempre parvos pensei em não escrever nada sobre Rosa Lobato Faria. Porque qualquer posta que fosse escrita pecava por falta de informação. Porque não conseguia falar dos seus livros, da sua música da sua poesia sem pecar por defeito. No entanto hoje enviaram-me uma frase que pela sua simplicidade descreve a Rosa Lobato Faria. Porque ela era assim. Genial e simples no que fazia e o melhor tributoque eu consigi dar é realçar isso mesmo. A sua simplicidade na genialidade.
.
"Na Infância as escolas ainda não tinham fechado. Ensinavam-nos coisas inúteis como as regras da sintaxe e da ortografia, coisas traumáticas como sujeitos, predicados e complementos directos, coisas imbecis como verbos e tabuadas. Tinham a infeliz ideia de nos ensinar a pensar e a surpreendente mania de acreditar que isso era bom. Não batíamos na professora, levávamos-lhe flores."
.
de Rosa Lobato Faria

Etiquetas:

quinta-feira, janeiro 28, 2010

E o prémio piada do ano vai para .......

........
(Toca os tambores)
.......
.......
.......
.......
(Continuam a tocar os tambores)
.......
.......
.......
.......
.
.
.
.
.
-
BELMIRO DE AZEVEDO com a resposta:
TRABALHADORES - "Para se ter uma sociedade coesa, os trabalhadores têm de ser bem tratados, não se podem explorar".
.
Se a minha mãe não trabalhasse no Continente e eu não tivesse conhecimento de causa até me ria. Assim apetece-me chorar.

Etiquetas:

quarta-feira, janeiro 27, 2010

Orçamento de Estado V


O Orçamento de Estado está para os portugueses como o mar está para o rocha. Quando bate quem se lixa é sempre o mexilhão.

Etiquetas:

Orçamento de Estado IV


Se o nosso governo fosse um carro nunca haveria engarrafamentos num cruzamento. É que à primeira que pode, vira sempre à direita.

Etiquetas:

Orçamento de estado III

Até Cavaco ficou espantado. Nem ele fez um orçamento tão liberal.

Etiquetas:

Orçamento de Estado II

É a economia estúpido

Etiquetas:

Orçamento de estado I


Ou o porquê de serem outra vez os mesmos a pagar a factura da incompetencia dos governantes.

Etiquetas:

terça-feira, janeiro 26, 2010

Vergonha

Há coisas que viradas e reviradas. Vistas de todos os angulos possíveis são inexplicáveis. Com que então Portugal vai emprestar 140 milhões a Angola? É que nem o último argumento de que há muitos portugueses a trabalhar em Angola e que é necessário manter a economia angolana a funcionar para que as nossas exportações e entrada de divisas continuem a funcionar é aceitável. É que ainda há pouco tempo atrás perdoámos a totalidade da dívida angolana a Portugal sob o mesmo argumento. Que culpa temos nós de Angola ser, á semelhança de portugal, um país que não se sabe governar, com a agravante de serem um país riquissimo em matérias primas como petróleo e diamantes. Com um solo agricola invejável e com capacidade para atraír turismo.
Somos de facto um país do faz de conta. Faz de conta que somos ricos mas na realidade somos apenas parvos.

Etiquetas:

segunda-feira, janeiro 25, 2010

Já falámos sobre este tema por algumas ocasiões aqui no Troll. Por exemplo no dia 16 de Setembro de 2005 e também no dia 27 de Novembro do mesmo ano ou ainda no dia 5 de Novembro de 2009, pelo que temos um histórial de "luta" contra esta coisa fascisante que é ter simbolos religiosos nos espaços públicos.
Por isso custa-me que passados 5 anos da aprovação da lei que proibe os simbolos religiosos nos locais públicos o Cardeal José Policarpo venha dizer que o que se assiste em Portugal e na Europa é preocupante. O que é realmente preocupante é que ao fim de 5 anos a lei ainda não esteja a ser cumprida. isso sim é inadmissível num estado que se quer de direito. Só lhe dou razão quando diz que o estado é laico mas a sociedade não é. De facto a sociedade portuguesa é católica, muçulmana, judaica, budista, mormon entre muitas outras entre os quais os ateus e agnósticos e por isso mesmo o estado não pode ser de uma religião só. Imagimem um Hospital ou escola pública com todas as religiões representadas. Não havia parede que chegasse para todos.
Será que a ICAR não vê que o seu tempo em Portugal já passou. Porque parou no tempo. Porque se mantém presa a dogmas do passado. Porque tem um discurso que já não cativa. Não vale a pena criar conflitos artificiais para justificar erros próprios. Se a ICAR perdeu influencia só o deve a uma coisa. A ela própria e à sua estupidez mumificante.

Etiquetas:

"et pluribus unum"

Hoje na Catedral da Luz vai ser jogada a 7ª edição do jogo contra a pobreza (que este ano reverte inteiramente para a população do Havai) entres os amigos de Káká e de Zidane e um all Star do Benfica que contará com Valdo, Schwartz, Magnunson, Rui Costa, Néne, Micoli e jogadores actuais entre tantas outras glórias.
Mas o jogo não vai apenas ser jogado na Catedral da Luz. O jogo vai ser organizado pela Fundação Benfica em parceria com a UNICEF o que só pode encher de orgulho os milhões de Benfiquistas espalhados pelo mundo, até porque já está garantida a transmissão para mais de 80 países espalhados pelo globo. Como dizia ontem um sujeito a outro que pela conversa era adepto do Fê. Cê. Pê. enquanto bebia o meu café da manhã, é isto que diferencia o Glorioso dos outros clubes em Portugal e que faz com que sejamos o único clube em Portugal com dimensão mundial. Outros há (leia-se Fê. Cê. Pê.) que por muito que tentem e mesmo que ganhem troféus nunca terão essa dimensão internacional.
Quando Luís Filipe Vieira criou a Fundação Benfica, muitos se riram, com escárnio até. Diziam que era para organizar visitas ao Zoo da Luz para ver passaros em vias de extinção. Hoje a dimensão social dessa fundação torna-a uma das maiores do país. Organizando eventos desportivos como a corrida solidária que este ano teve 30 mil inscrições. Mas também deslocando atletas para diversas instituições hospitalares, escolas e bairros problemáticos para dar esperança a jovens. A juntar a isso as parcerias que a marca Benfica consegue e que se tornam ápidamente em donativos para as mais diversa sinstituições de caridade.
Por isso hoje é um dia de orgulho para a nação Benfiquista. Porque temos de ter orgulho sempre nos superamos e deixamos de ser um mero clube. Porque é um orgulho logo à noite estar numa Catedral cheia, solidária, com gentes de todos os clubes a fazer o bem.
Aos que afirmam não irem à Catedral da Luz por ser o recinto do Sport Lisboa e Benfica, fiquem em casa com dor de cotovelo. Roam-se de inveja por o clube do vosso coração não ser assim. Justo, solidário e grande. O Sport Lisboa e Benfica mais uma vez foi fiel à sua história e ao manifesto fundador de Belém. Faz juz á inscrição que trás o seu emblema. "et pluribus unum".
Há os que se arrastam em processos em tribunal, que se envolvem em corropçõe se são apanhados em escutas. Outros há que se mantêm fieis aos viscondes, barões e outras decrépitas nobrezas. O Benfica é simples. E grande. Não. Enorme.

Etiquetas:

domingo, janeiro 24, 2010

Esclarecimento

Depois de uma larga ausência do Troll, decidi ontem aqui deixar um documento assinado por 60 aderentes do Bloco de Esquerda, entre eles os três elementos do Troll (e só por isso o fiz), de todas as correntes e sensibilidades do Partido, sobre a forma como o Bloco geriu o apoio à candidatura de Manuel Alegre.
Por muitas razões, para mim é claro que só usarei o Troll para discutir política. Por essas muitas razões e muitas mais, nunca mais voltarei a fazê-lo com anónimos.
Pela minha parte, pois, desde que os comentários não sejam ofensivos, publicá-los-ei. Se forem anónimos não lhes responderei nem sobre eles farei qualquer tipo de apreciação ou darei qualquer opinião.
È uma opção como outra qualquer, criticável, mas irreversível.
Para que fique bem claro, adaptei o Blog ao facebook...lamento, mas é a vida!

Etiquetas:

sábado, janeiro 23, 2010

Sobre o apoio do BE a Manuel Alegre

Texto apresentado hoje na reunião da MN do Bloco de Esquerda e subscrito pelos três elementos do Troll Urbano e por mais 57 aderentes do Bloco de Esquerda:

"À Mesa Nacional

À Comissão Política do Bloco de Esquerda

Camaradas,

Temos tido conhecimento, através da Comunicação Social, de sucessivas declarações de dirigentes do Bloco de Esquerda dando conta da nossa disponibilidade para apoiar Manuel Alegre nas próximas eleições presidenciais, antes e depois de Alegre ter anunciado publicamente a sua candidatura como a que “assegura a maior convergência da Esquerda e que pode derrotar Cavaco Silva”.

Desconhecemos quaisquer consultas efectuadas às estruturas do Bloco, no sentido de Alegre garantir, segundo as decisões da última Convenção Nacional, “a convergência mais ampla possível para a luta política da esquerda”.

Estranhamos que o Bloco de Esquerda possa declarar publicamente o seu apoio a um candidato sem lhe conhecer o programa político, nem os apoios políticos.

Não compreendemos a razão da pressa nem conhecemos a justificação do momento escolhido para, a um ano das presidenciais, o Bloco anunciar o seu apoio à candidatura de Manuel Alegre.

Não entendemos, a um ano das eleições e com todos os cenários políticos em aberto, como pode o Bloco ter a certeza de que não surgirá outra candidatura à Esquerda que preencha os requisitos aprovados em Convenção, que una a Esquerda, que seja oposição a Cavaco Silva e que seja alternativa consequente às políticas de Direita do Governo de Sócrates.

Lisboa, 19 de Janeiro de 2010."

Etiquetas:

sexta-feira, janeiro 22, 2010

Pelo direito á polígamia

A imaginação de uns não tem limites. Hoje recebi a carta de um pseudo deputado de um pseudo grupo parlamentar. Por lhe achar piada, e já agora também por lhe achar alguma verdade e merecer em grande parte a minha concordância (se exeptuarmos o cariz homofóbico) publico-a aqui no Troll.
Pelo direito á polígamia.
Ex-mo Senhor Presidente:
Srs. Deputados:
.
Prometo ser breve e não ultrapassar o tempo que Vxa. Senhor Presidente me concedeu neste período antes da ordem do dia.
.
Irei expor, sucintamente, aquilo que em mão irei entregar ao Ex.mo Senhor Presidente, ou seja o pedido de discussão neste Plenário de um projecto-lei da minha, sublinho, da minha autoria, já que o grupo parlamentar em que me insiro nada tem a ver com o mesmo.
.
Vão os Senhores Deputados iniciar em breve a discussão de vários diplomas oriundos dos Partidos Socialista, Social Democrata, Comunista e Bloco de Esquerda sobre o casamento entre a comunidade dita “gay”.
.
Como ponto comum a todos estes projectos a chamada “discriminação” a estes senhores e a estas senhoras, que entendem ter os mesmos direitos que os cidadãos oriundos – felizmente – do grosso da população e denominados de heterossexuais.
.
Fazendo parte deste grupo – e volto a repetir a palavra “felizmente” – tenho porém um problema, comum também a muitos outros cidadãos: Sendo solteiro e gostando de mulheres, gostaria de poder casar em simultâneo com duas delas.
.
Pretende o Governo ao aprovar as uniões “gay” tornar o País igual a mais oito existentes por esse mundo fora, para além de quatro estados americanos, onde tal prática é consentida. Oito países apenas Senhores Deputados!
.
Ora o assunto que pretendo ver discutido está em vigor em pelo menos 27 países, não contando com o mundo Árabe. Ainda há poucos dias o Presidente da República da África do Sul contraiu matrimónio com a sua sexta mulher.
.
Admito, compreendo e aceito que para se evitarem discriminações das minorias se discuta o casamento “gay”. Mas no Portugal democrático de hoje não podem existir filhos e enteados. Assim sendo, o meu caso, por ser mais relevante em número não pode passar ao lado deste Parlamento. Lembro apenas, que, segundo as estatísticas, um em cada dez Portugueses são “gays”. E, sabem qual a percentagem de cidadãos que pensam como eu? Pois eu digo: Um em cada seis!
.
Não venham os Senhores Deputados falar e defender que a poligamia não é um casamento. É tanto ou mais do que aquele que dentro de dias aqui será discutido.
.
Se uma instituição milenária é abruptamente corrompida e adulterada pelos homossexuais, porque não pode a mesma sê-lo também pelos que defendem a poligamia, que até são em número superior àqueles?
.
António Cheiinho

Etiquetas:

quinta-feira, janeiro 21, 2010

O google também se engana

Ontem aconteceu uma coisa estranhissima. Estava a ver o meu mail, no gmail, quando passo por um mail da minha esposa que tinha o seguinte comentário em baixo " An...... não está disponível para Bate-Papo". Assustei-me. O que é que o Google sabia que eu não sabia?
Fui até á sala e perguntei à minha esposa se estava tudo bem e ela com ar espantado:
Claro!!!!
Fiquei ali mais um bocado na conversa e cheguei à conclusão que o Google estava a divertir-se à minha custa. Voltei para o computador muito mais confiante. Afinal o Google também se engana.

Etiquetas:

Indiscretamente

quarta-feira, janeiro 20, 2010

Partido social nacionalista

Como foi aqui escrito depois das eleições e da fantochada que foi o convite a todas as forças políticas para discutir uma suposta "aliança" governativa, seria no orçamente de Estado que o PS se teria de definir, sobre o que realmente queria para a governação. Ou uma governação á esquerda ou à direita.
Tal como previsto o PS coligou-se á direita e com requintes de malvadez. Coligou-se com o partido mais á direita do hemiciclo.
É esta a ideia que o Partido Socialista tem de esquerda. É um partido social nacionalista.

Etiquetas:

Não consigo escrever uma posta sobre o Haiti


Fica a imagem. Desculpem qualquer coisinha.

Etiquetas:

terça-feira, janeiro 19, 2010

Uma posta que não consegui escrever

Estou desde ontem, data em que soube que Santana Lopes iria ser distinguido com uma condecoração do nosso querido presidente Cavaco Silva, a tenta relaborar uma posta sobre o tema. Não consegui ainda. Nada me parece suficientemente risível, ridículo ou mesmo estapafurdio que espelhe esta condecoração. Tudo me parece pecar por escasso.
Uma condecoração por ter desempenhado funções de relevo na vida política portuguesa. É de facto subjectivo. Funções de relevo. Ele teve um grande relevo. Nunca tinha havido em Portugal um Governo tão trapalhão como o de Santana. Será isso o relevo? Ou será por ter sido o PM mais amigo dos Bloggers desde que há blogosfera. Sem ele os bloggers quase que ficaram orfãos. Será isso o relevo?
A sério não sei. Mas que esta condecoração seria motivo de chacota em todo mundo, se alguém no mundo se tivesse aprecebido que Santana foi PM de Portugal, o que felizmente não chegou a acontecer, isso seria certamente.
Quem virá a seguir. O Zé Cabra? O Zézé Camarinha? A Lili Caneças? ...
Esperem, agora é que percebi. O Santan foi condecorado por ser 3 em um. dança mal como o Zé Cabra. È engatatão como o Zézé e anda pelo jet set como a Lili. Mas volta a pergunta. Será isso de relevo para a nação?

Etiquetas:

Hoje virei a norte

Alguém me explica como é que o FCP vai a 6 pontos dos dois líders e no mercado de Inverno empresta um jogador a um desses clubes?
É que para além de um contra-senso só indica que eles já não pensam no campeonato e querem garantir que seja o SC Braga a ganhá-lo.

Etiquetas:

Menos um Super Dragão na rua e nos estádios

Bidá Pita foi hoje condenado a 23 anos de prisão por cúmulo jurídico já que o somatório das penas daria 48 anos e 7 meses o que me deixa satisfeito pois os factos provados não merecem contestação e só mesmo um advogado de defesa, e acho que é por obrigação, se digna a recorrer desta sentença.
Se isto é o essencial é no acessório que está a maior piada da coisa. Depois de há duas semanas Fernado Madureira, líder dos Super Dragões, ter sido condenado hoje foi a vez de mais um dirigente (ou ex dirigente) da claque de arruaceiros do norte ter sido condenado. É que é bom não esquecer que dos 5 reus que hoje estavam no banco dos reus 3 foram filmados a fazerem de guarda costas, ou guarda de honra ou ainda de guarda de intimidação aquando da detenção (audição) de Pinto da Costa no tribunal de Gondomar. Costuma-se dizer, diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és e neste caso aplica-se. Aquela claque de arruaceiros e assaltantes deve dar mais trabalho à PJ que todos os bairros problemáticos do país juntos e é bom saber em quem Pinto da Costa tem confiança para o defender. Já nem quero recuar no tempo, para um tempo recente e lembrar-me da ligação de um nome de um dirigente, nomeadamente Reinaldo Teles (ex-boxeur do FCP e que ganhou respeito na noite com os punhos), ao alterne portuense.
Enfim e como disse anteriormente isto é o acessório pois o essencial é que justiça foi feita, mesmo que isso de nada sirva aos assassinados e suas famílias. Mas não deixa de ter piada que Pinto da Costa para reunir o seu núcleo duro qualquer dia vai ter de pedir uma sala num qualquer complexo prisional deste país.

Etiquetas:

segunda-feira, janeiro 18, 2010

Continuem a votar neles

O PS, PSD e CDS foram os partidos mais multados pelo tribunal constitucional devido ás suas más contas sendo que os partidos à esquerda, o PCP e o BE receberam apenas recomendações e multas pequenas por erros nas contas, mas que não representam fraudes. O que as notícias não dizem é que todos os anos é assim e que os partidos que mais fraudes cometem continuam inpunementes a cometer essas irregularidades pagando as multas sem mais nenhuma consequencia pois para eles o crime compensa.
Este ano o escandalo é que falamos de milhões de Euros. E?!?!??!?!?! Daqui a dias já ninguém se vai lembrar e o regabofe vai continuar este ano fora.
Mas no fundo trata-se apenas de Portugal ser um país que tem os partidos e políticos que merece. É que a maioria dos Portugueses concorda com estas práticas pois o PS, PSD e CDS são os 3 partidos mais votados pelo nosso povo. Por isso não se queixem. Foram vocês que votaram neles.
Continuem que vão no bom caminho.

Etiquetas:

Sto António e os LGBT

Segundo notícias hoje no Correio da Manhã os gays e lésbicas reclamam tratamento igual para os "tristissimos" e "deprimentes" (adjectivos meus) casamentos de Santo António. Peço desculpa mas não concordo, independentemente da ideia que eu tenho desta coisa que são as realizações dos casamentos de Sto António e sobre os quais falarei quando chegar a altura.
A tradição dos Casamentos de Sto António na sua origem é religiosa, pois dizia-se que casal que se conhecesse na noite de Sto António era abençoado e por tal deveria casar passado uma ano no dia feriado. Eram estes os casais oficiais. A tradição foi-se perdendo até para a Igreja e a CM Lisboa tomou conta dela para a organizar como forma de publicidade gratuíta. Mas não deixa de ser uma tradição com raízes profundamente católicas e nesse sentido, concordando-se ou não com a posição da Igreja sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo (e nesse aspecto sou insuspeito) não se pode querer obrigar a Igreja a ceder uma sua tradição para que se vá contra a sua doutrina. Liberdade é também isso. A de se deixar a todos e a cada um a sua liberdade e capacidade de decidir.
Em suma, não concordo com a inclusão dos LGBT nas cerimónias de Sto António

Etiquetas:

domingo, janeiro 17, 2010

Belo filme

Este é um dos melhores filmes que vi ultimamente. E corajoso também. Mostra, entre outras coisas, a ascenção de um fanatismo à escala global - talvez a primeira globalização! De um fanatismo cruel, estúpido como todos os fanatismos e também, campeão sanguinolento como não houve outro. Constituiu igualmente um retrocesso civilizacional ímpar.
E este filme é sobre isso mesmo. A não perder de forma alguma.

sexta-feira, janeiro 15, 2010

Cuidado com a vaga de frio


Etiquetas:

quinta-feira, janeiro 14, 2010

O Orçamento de Estado - parte II

Eu admiro cada vez mais a coragem (ou deveria dizer estupidez???) de Manuela Ferreira Leite.
É que sendo uma presidente a curto prazo do PSD está a tentar negociar um acordo a longo prazo com o Governo para os orçamentos de Estado que aí vêm, hipotecando e condicionando assim o futuro do seu sucessor ou sucessora.
Ou é loucura ou é malvadez mas responsabilidade não é concerteza.

Etiquetas:

Orçamento de Estado - parte I

O que o Jorge Lacão tinha de explicar aos portugueses é como é que ele espera conseguir um acordo simultaneamente à esquerda e à direita. É que é no mínimo incompatível. Num orçamento de estado há como no totobola apena 3 hipóteses. É que ele agrade à esquerda Parlamentar, que agrade à direita Parlamentar ou então como foi o caso dos últimos orçamentos que seja um exercício tão mau que não agrade a niguém a não ser ao PS.
É que se há questão no parlamento que é ideológica essa coisa é o Orçamento e as Grandes Opções do Plano e não vejo como agradar a Gregos e Troianos no mesmo documento. É mais ou menos como querer o sol na eira e a chuva no nabal.
Por isso e seria mais honesto por parte do Governo dizer com quem quer discutir este orçamento e fazé-lo de uma forma clara. Sem tibiezas. Mas infelizmente esta legislatura começou com uma desonestidade que foi o convite a todas as forças para debater disponibilidades de governação e pelos vistos vai continuar assim.

Etiquetas:

2 milhões com retorno imediato

O Turismo de Portugal recusa-se a financiar em 2 milhões de Euros o contrato que o piloto Alvaro Parente tem com a Virgin F1 que é tão só a equipa campeã do mundo em título, pois foi a designação que ficou da antiga Brawn Racing. Mais ainda quando o circo da fórmula 1 viaja por 4 continentes e é vista no mundo inteiro. Uma modalidade onde China, Japão, Ìndia, Brasil, Alemanha, França e Itália e outras potencias mundiais fazem questão em estar muito representadas e com valores a rondar os milhares de milhões.
Costuma-se dizer que um país pobre nada tem a ver com dinheiro e aqui a frase aplica-se. Tem a ver com atitudes. Podem-se gastar 25 milhões de Euros com esse fiasco chamado Allgarve. Podem-se gastar 80 milhões num estádio como o de Leiria, Aveiro ou Algarve que serviu para 30 dias e dizer que isso é promover o país. Podem-se entregar milhões ás associações patronais para programas de promoção das marcas portuguesas no estrangeiro e ao fim de 3 anos não se ver um único retorno, mas não se pode gastar 2 milhões que são uma gota de água no orçamento de estado com um investimento numa área hi-tech não só da industria automóvel e assim promover Portugal aos olhos do mundo. Isto quando em Portugal se quer aplicar um plano tecnológico e que visa entre outras coisas fazermos parte da vanguarda da tecnologia mundial. Mas pode-se gstar dinheiro com uma equipa de Fórmula 3000 nacional que gasta mais do dobro e não tem nem metade do retorno.
As prioridades de quem nos governa ou desgoerna são de facto insondáveis mas a verdade é que se está a dar mais um tiro nos pés.

Etiquetas:

Paradoxos


Perguntaram ao Dalai Lama:
-O que mais o surpreende na humanidade?
-Os homens... Porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem o presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido.

quarta-feira, janeiro 13, 2010

Afinal ccomo quase tudo é um espelho da sociedade que temos

Desculpem falar duas vezes de futebol mas o exemplo dado pelos árbitros de futebol é exemplo para o resto da nossa sociedade. Coorporativismo, ausência de aceitação de crítica e verdades absolutas. Vitor Pereira, presidente da comissão de arbitragem da Liga, disse que "a maior parte das críticas contra os árbitros tinham cabimento e que houve desempenhos em que não se garantiu a imparcialidade.", e disse-o bem, porque é verdade. Houve erros a mais para meio campeonato. Só lhe fica bem reconhecer e trabalhar para que as coisas melhorem.
Salta agora a APAF para o terreno ameaçando que "se todos os agentes envolvidos na competição não tiverem algum cuidado e não contribuírem para a normalidade exigida temo que isto possa ser um pouco explosivo" e que "não aceitarão ser bodes expiatórios para situações que lhe são marginais".
Gosto particularmente da última. Eles é que são árbitros, eles é que decidem, muitas vezes mal, mas não aceitarão serem bodes expiatórios para situações que lhe são marginais. Fantástico!!!!!
Se isto não fosse igual nos médicos, advogados, solicitadores e tantos outros eu até podia achar piada. Mas assim, vejo-o apenas como um espelho do país que temos.

Etiquetas:

O Paradoxo do Ornitobronco por Bruno Nogueira

Quando as nossas palavras não conseguem chegar aos calcanhares das de outros e dizem o que nós gostavamos de ter arte e engenho para dizer só nos podemos render e não inventar.
Espero que se divirtam tanto como eu.

Etiquetas:

Parabéns


Parabém ao pai, à mãe e claro ao Miguel que faz hoje 1 aninho. Parece que foi ontem. Agora compreendo o meu pai quando ele dizia que nós, os miúdos é que o faziamos velho.

É de facto verdade

Etiquetas:

terça-feira, janeiro 12, 2010

Eles estão com medo

O lugar que o Glorioso ocupa na tabela classificativa está, pelos vistos, a começar a incomodar o Papa do Norte. Ontem no aniversário da casa do Fê.Cê.Pê. em Espinho Pinto da Costa resolveu destilar ódio contra o Sport Lisboa e Benfica insinuando corrupções e pedindo ao Secretário de Estado do Desporto que investigue e se preciso fôr que instaure um"apito encarnado ou de outra côr qualquer".
Todos nós sabemos que a azia é grande. Que a dôr de cotovelo é maior. Especialmente por verem que um outrora gigante, que se deixou adormecer está a recuperar da sua letargia e a retomar o seu lugar no panorama desportivo nacional e esperemos que daqui a uns anos internacional, mas alguém tem de explicar ao Pinto da Costa que as coisas não funcionam assim. Se sabe de corrupção e tem provas vai ao Ministério Público, apresenta-as e o Ministério Público investiga. Se não sabe de nada, se não tem provas fica calado porque a justiça não funciona assim. Foi isso que Luís Filipe Vieira fez no Apito Dourado. Apresentou nos órgãos competentes um dossier com toda a informação que tinha e deixou a justiça seguir o seu rumo.
O facto de o Papa do norte já estar a "estrabuchar" é motivo de alegria. Já não o via assim há muitos anos e quando acontece é sinal que as coisas vão mal no Porto e bem no lado sul da Segunda Circular. Cada vez me convenço mais qe este vai ser o ano 1 desta nova era. A era lampiã.

Etiquetas:

Um conselho

As crianças não páram de nos surpreender nomeadamente na sua capacidade de aprendizagem.
O vídeo que podem ver aqui é um exemplo disso porque não me parece complicado ensinar isto a uma criança especialmente se ela tive contacto com a água desde pequena.
Vejam e pensem nisso. Todos os anos isto pode salvar só em Portugal mais de meia centena de vidas

Etiquetas:

segunda-feira, janeiro 11, 2010

Einstein tinha razão

Albert Einstein
.
Mas qual objecção de consciência qual quê? Objecção de consciência porquê? Qual é que é a consciencia que está em causa? Com que fundamento? Qual o princípio que está em causa para um conservador se recusar a celebrar um contrato entre duas pessoas? Por essa ordem de ideias qualquer contrato que seja celebrado e com o qual o diligente funcionário público não concorde passa a ser alvo de uma objecção de consciência? Ou será que isto se vai poder aplicar a todos os funcionários? Por exemplo um motorista da Carris que é ideológicamente de extrema direita e xenófobo. Vai poder começar a recusar a entrada de estangeiros no seu autocarro com base na sua legitima orientação ideológica e prevista na constituição? Ou será que um médico que seja testemunha de Jeová, com base no direito constitucional de liberdade religiosa, vai deixar morrer um doente porque não lhe recomenda uma transfusão de sangue? Sempre com base na objecção de consciência?
Tenham juízo e deixem-se de palhaçadas.

Etiquetas:

Um país em clima de pré campanha eleitoral

Fala-se muito num pacto de regime e num governo, a partir deste orçamento, bicéfalo. Discordo completamente. Por diversas razões. A 1ª das quais está á vista de toda a gente. Nunca um governo teve tanta pressa em cumprir na 1ª metade da legislatura as chamadas bandeiras eleitorais e a abrir portas para outras na próxima legislatura. É como se o país estivesse em plena pré campanha eleitoral, o que indicia claramente, a par de outras coisas, como a vitimização e os apelos ao diálogo "pro-forma", que o quase engenheiro Sócrates se está a preparar para no próximo orçamento fazer o governo caír.
Por outro lado porque está a dialogar comuma direcção partidária que antes de o ser já o era e apenas tem como objectivo condicionar os seus sucessores e criar condiçõe spara que surja do baronato do PSD um nome que lhe dê seguimento, coisa que sem este empurrão se afigura difícil. Se dúvidas havia as recentes (Sábado) declarações de Pinto Balsemão, vêm confirmar isso. Um partido que estava em fase de eutanásia agora já é vivo e corajoso. Tese aliás corrobada logo no Domingo por Marcelo Rebelo de Sousa e espera-se mais reacções.
Por outro lado e por erro político as bancadas parlamentares dos dois maiores partidos estão cravejadas de gente que só fazia sentido noutro cenário. Independentes demasiado independentes não combinam com aquilo que se quer de obdiência cega a uma liderança.
Por fim porque os restantes 3 partidos parlamentares ainda não perceberam que género de oposição deve ser feita a este governo. Parece que está tudo em fase de aprendizagem. É que se a luta aos governos minoritários nos tempos do imediatamente pós 25 de Abril era feito segundo uma cartilha pré definida, hoje, em 2010 não pode funcionar da mesma maneira. O CDS ainda espera o seu qinhão do poder, e transveste-se de tudo para o conseguir e o PCP e o BE parecem que ainda não aprenderam a passar a mensagem do que é que o Governo anda a fazer de mal. O PCP porque a cartilha não o permite e o BE porque abandonou a sua irreverencia que o marcou na fundação. Não basta ter razão no campo das ideias se não as conseguirmos passar a quem realmente interessa. Ao povo. E eu continuo a acreditar que a esquerda tem razão no campo das ideias.

Etiquetas:

sexta-feira, janeiro 08, 2010

Uma posta roubada

Hoje visitei um blog, o a-sul, onde por razões várias, mas principalmente falta de tempo, não tenho ido desde o Natal. E é um blog insuspeito pois tanto concordo com o que lá é escrito como muitas vezes discordo. Mas reconheço-lhe o mérito de ser incisivo na defesa da sua posição. Por exemplo quando o tema é imigração normalmente tenho dificuldade em concordar mas no entanto hoje li um post, que reproduzo na integra, mais abaixo, com o qual sou obrigado a concordar. Porque não aponta o caminho mais fácil. O da culpabilização de A,B ou C. Desta ou daquela comunidade, mas sim de toda uma situação criada pelo poder político e onde as pessoas são de facto personagens, intrevinientes, é certo, mas com peso relativo no guião.
Como quando as palavras são boas não vale apena inventar deixo ficar aqui o resultado do meu roubo ao Blog a-sul.
.
Dos posts destes últimos dias em que avaliámos aqui a situação degradante e explosiva a que se chegou na Costa de Caparica, seria fácil, muito fácil mesmo, sobretudo para os responsáveis Comunistas, unica força que gere em maioria este teritório desde o 25 de Abril , que se apontasse aqui, com raiva e xenofobia, como responsáveis , quem veio de fora e por cá assentou arraiais ( a maioria pacifica, integrada e trabalhadora ) , nomeadamente os Africanos e sobretudo os brasileiros. Não vamos por aí .Se as Máfias Brasileiras encontraram por cá território fértil para se instalarem e dominarem, a culpa não é dos próprios que enveredaram por essa actividade, há muito, e bem longe daqui, e onde a acção policial sobre a sua actividade é bem mais musculada .A culpa por cá foi de quem lhes abriu descontroladamente a porta e os convidou a instalar-se , num meio que até é geográfica e arquitectónicamente muito parecido com o seu, mas com muito menor controlo policial do que o que tinham no Brasil.Se outra cultura, a africana pretende também por cá decalcar o bairro de lata onde habitava em Cabo Verde, na Guiné ou em Luanda, também não os podemos criticar , além de cultural, aquela forma de viver permite amealhar mais uns dinheiros para mandar para a familia , razão pela qual cá se instalaram em busca de um El Dorado prometido , mas revelado amargo e sem retorno.Também não serão criticáveis os nacionais que vêm na Costa e nos seus "Parques de Campismo" uma segunda habitação definitiva, o seu resort privado de férias ou os que após 1974 se instalaram e construíram a Fonte da Tenha e no mesmo local destruíram revolucionáriamente o "resort" de qualidade aí existente .Não culpo, nem critico nenhum deles , culpo sim a total ausência de autoridade do estado (excepto a gestão ambiental do Engenheiro Carlos Pimenta) e recentemente o Programa Polis e as intervenções também recentes do INAG , tirando isto, o que é pouco para quase quarenta anos, tem sido o abandono TOTAL e completo , quer do Estado, quer da autarquia.E quem tem de facto , a responsabilidade directa e inequívoca em tudo isto ?A autarquia , como é óbvio , que fomentou uma politica de massificação urbana e suburbanização de toda a região , sem excepção para as zonas de potencial turistico e de paisagem mais valiosa, e promovida desde 1975 pela CDU , onde se ínclui também uma guerra politica entre a Junta de Freguesia da Costa de Caparica e a Câmara de Almada, históricamente de côr partidária diferente , o que aqui tem um peso não descurável.Culpo pois a autarquia por ter permitido uma explosão urbana que não acompanhou paralelamente a construção de outros equipamentos , culpo a autarquia , sempre diligente a autuar ( e bem ) qualquer cidadão que faça uma "marquise" , mas que fecha os olhos á construção de um bairro de lata (mesmo quando se estava a demolir outro com dinheiros públicos a propósito do Polis) , culpo a autarquia por permitir os abusos e o não cumprimento das regras estabelecidas nos parques de campismo , e culpo sobretudo a autarquia por não ter dado seguimento ás demolições na Fonte da Telha, onde mais uma vez se fecharam os olhos ao crescimento de mais construção em território do dominio publico e em paisagem protegida.Todo este sentimento de impunidade, de falta de controlo de autoridade autárquico e policial é incompatível com a demarcação de regras necessárias à existência de um Estado, e sobretudo a que nesse Estado se integrem individuos vindos de outra cultura. Se continuarmos por esta via de displicência geral , permitindo a graffitagem em todo o lado, permitindo os bairros da lata de geração expontânea, fugindo das ruas , para a segurança do shopping, barricando-nos em condomínios fechados .... então é bom termos a consciência de que os acontecimentos quase diários na Caparica, na Bela Vista, na Quinta da Princesa ou na Jamaica , só ainda agora começaram e que um dia, mais tarde ou mais cedo , faremos parte , como vítimas , de uma daquelas notícias do Correio da Manhã !

Etiquetas:

Como saír de Repente para Kagar

.
E se tiver dúvidas carregue aqui que há indicações mais pormonorizadas e ficam também a saber que é mais coisa menos coisa um quarto de hora de carro e tem um custo de cerca de dois euros. E ainda dá para comprar o jornal no caminho. Pode fazer falta quando se vai para kagar.

Etiquetas:

quinta-feira, janeiro 07, 2010

O Algodão não engana

.
É assim que Pacman apresenta o seu projecto inserido no periodo sabático que os De Weasel vão ter até Setembro. E eu copiei-o porque não era possível descrever melhor o que este projecto tem e pelos vistos quer ser. 9 short stories musicadas sendo que 8 são do próprio Pac e um poema de Álvaro de Campos.
Em suma um projecto que me deu um grande prazer ouvir e poder fazer o download. Sim que este não é um projecto comercial. Está na net para quem quiser. Se quiserem oiçam mas com mente muito aberta.

Etiquetas:

quarta-feira, janeiro 06, 2010

Petições II

Foi ontem entregue na Assembleia uma petição a pedir que a questão do casamento entre pessoas do mesmo sexo fosse sujeita a um referendo.
Aplica-se aqui o mesmo princípio que apliquei ao 1º referendo na questão do Aborto. Sou contra porque direitos, liberdades e garantias não são referendáveis. Sob pretexto algum e fica aqui também de barato que o mesmo se aplica à eutanásia. São materias do legislador e não são passíveis de referendo pois trata-se de um direito e uma liberdade individual. .
Por muito que custe aos conservadores que ainda preferiam que se ensinasse o creacionismo na escola em vez do evolucionismo.
Azar.

Etiquetas:

Petições I

Foi ontem entregue na Assembleia da República uma petição pela verdade desportiva qe tem como signatários muitas pessoas ligadas directamente ao Futebol. A piada na coisa é que não está lá quase ninguém ligado ao Porto, (eu não vi nenhum mas dou de barato que deve lá estar um ou dois) da mesma forma que ontem na entrega da petição ao Presidente da Assembleia da República o FC Porto enquanto entidade e clube de massas também não marcou presença.
Valha-nos pelo menos a coerencia. Um clube que sempre primou pela corrupção, pelos favores e pela trapaça agora é também o único que rejeita a verdade desportiva no futebol.
Elucidativo.

Etiquetas:

Mais valia não porem foto

O Barreiro vai ter em 2012 uma praia fluvial que preve atraír cerca de um milhão de pessoas por ano. Esta pelo menos é a notícia do DN. Até aqui nada de novo. A piada é que a foto que ilustra a notícia é esta que voces veem no post. Apelativa não é? Eu também achei.
Podem ler a notícia aqui e tirem as vossas conclusões.

Etiquetas:

terça-feira, janeiro 05, 2010

"Calor" por Miguel Angelo

Acho que já aqui tinha referido o prazer que me d´´a ler o Miguel Angelo, ex vocalista dos Delfins, ex, apresentador de televisão e ex arquitecto, que agora é escritor. Não vou discutir méritos literários. Para mim um livro ou um autor vale pelo prazer que as suas histórias me dão e os livros do Miguel Angelo dão-me sempre um prazer "do caraças" a ler. Coloco-o aliás no mesmo patamar dos Livros do Rui Zink esse orgasmo supremo da escrita.
Neste Natal li o seu último livro. "Calor" de seu nome uma história fantástica com saltos temporais, alucinações e o recordar da minha Lisboa à noite dos bons finais de 80 princípios de 90.
Aconselho a leitura a toda a gente.

Etiquetas:

Bem visto

Deve ser dos poucos casos que eu entre a fotocópia e o original prefiro o primeiro. Ontem hackers entraram no site da presidencia espanhola da comunidade europeia e substituiram a foto de Zapatero pela do Mr.Bean. De facto eles fisicamente são muito parecidos mas acho que com pessoas como o Mr.Bean a "governar" a União Europeia (não confundir com esse extraordinário actor que é o Rowan Atkinson) estavamos muito melhor. Até porque rir é o melhor remédio e o funcionamento desta União Europeia há muito que se tornou uma palhaçada. Seria pôr a personagem certa, no lugar certo. E para Presidente da Comissão escolhia o Jim Carrey. É americano mas a gente naturalizava-o qualquer coisa. E aproveitavamos corriamos com o sizudo cherne.

Etiquetas:

segunda-feira, janeiro 04, 2010

Assassínos na estrada

Dizem as estatísticas que este ano houve mais acidentes, mais mortos e mais feridos que na passagem de ano em anos passados.
Por razões várias tive de fazer muitos quilómetros nesta semana e a impressão com que eu fico é que houve menos acidentes do que eu esperava. É que vi tanta asneira na estrada durante estes dias de pessoas que no mínimo devem ser apelidadas de inconscientes para não dizer assassínas que as hipóteses de haver mais acidentes era brutal. Não me venham com a treta que as estradas são isto, que o parque automóvel é aquilo ou ainda que as campanhas rodóviárias deveriam ser mais agressivas ou que não havia polícia na rua. A única coisa que eu admito como desculpa é que a polícia pode ser muito branda com algumas infracções. Há pessoas que não merecem ter a carta de condução e como tal deveria ser-lhes retirada e por muito tempo. Como no caso do álcool. Bebeu não conduz. É apanhado, multa pesada e carta fora. É isso e a falsidade dos atestados médicos para as renovações. Se uma pessoa já não está em condições de conduzir temos muita pena. Não conduz. Mas por favor não me ponham pessoas com 30 cataratas, problemas de mobilidade e de coordenação com licença para conduzir.
Chega a um ponto que eu com tanta coisa que se vê fazer quase que tenho receio de pegar na minha família e levar o pessoal para passear. É que nunca sei se lhes estou a fazer bem ou mal. Deixa quase de ser receio para ser verdadeiro medo.

Etiquetas:

15 dias é demasiado tempo e eu me penitencio.

Estou de volta. Sei que abandonei o Troll sem avisar mas os últimos 15 dias foram complicados. Muito complicados mesmo. Os dias deveriam ter tido pelo menos 36 horas cada um para dar tempo para tudo e mesmo agora o tempo vai ser muito curto mas espero ter tempo para voltar á contribuição regular neste espaço. Espero não. Tenho de voltar pois o Troll nunca teve tanto tempo sem um post e neste tempo ficou tanta coisa por dizer. Desde o futebol, à política passando pela doença de Zé Pedro dos Xutos e do ataque ao Papa Rat. Mas águas passadas não movem moínhos e pelos vistos o Troll é como os casamentos. Ao fim de 7 anos aparece a primeira crise conjugal. Aqui no Troll foi aos 5 anos que tivemos o bloqueio criativo, ou melhor neste caso um bloqueio de tempo. Acontece aos melhores, mas não volta a acontecer, pelo menos até fazermos os 10 anos de Troll.
Que venham então novas postas

Etiquetas:

sexta-feira, dezembro 18, 2009

A ICAR está cada vez melhor

Quantos Km são de Milão a Roma? Não devem ser assim tantos e dava para aproveitar para dar com uma cópia em miniatura do Vaticano na fronha do Papa Rat. (atenção SIS que o papa rat vem cá brevemente e pode haver potenciais "terroristas" em Portugal)
È cada tiro cada melro. Agora acha que os/as catolicos/as para casarem com um ateu têm de pedir autorização à Santa Igreja. O mesmo se quiserem casar com pessoas de outras religiões. Ou seja a minha mulher está oficialmente excumungada da Igreja porque casou com um ateu sem pedir autorização. Aliás acho que nem aos pais pediu pois são decisões individuais. Quando estivermos a jantar quero ver se a informo disso que acho que ela ainda não sabe que foi excumungada e corrida da sua Igreja sem direito a remissão.
Pois é de abertura. De abertura das portas de saída da Santa Igreja. Por isso é que felizmente há cada vez menos fieis no mundo.

Etiquetas:

Uma vitóriazinha que sabe a derrota

Sou como foi aqui muitas vezes foi escrito um defensor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Não vou repetir argumentos que já aqui coloquei. E então porque será que ontem não senti aquela vitória que eu achava que iria sentir no dia em que mais esta discriminação fosse abolida. Porque para se abolir uma discriminação o nosso (des)governo resolveu criar outra. Podem casar mas não podem adoptar. Não podem se forem casados e homens. Porque se forem homens gays solteiros ou mulheres podem. Se alguém me conseguir explicar o porquê disto eu agradecia. Nem é pelo facto de ser particularmente grave pois a ausência de lei para adopção não impede que os casais homosexuais tenham filhos ao seu cargo. Há sempre as barrigas de aluguer ou as adoções noutros países como a Suécia para dar apenas dois exemplos. Mas é pela atitude discriminatória que me irrita solenemente e pela caracteristica que os nosso legisladores têm de mostrarem prazer em empurar os portugueses para subterfugios e marginalidades da lei.
.
Por fim uma palavra para o Aguiar Branco (declarações que ouvi na TSF e que curiosamente hoje não vejo reproduzidas na imprensa escrita) que insiste na ideia do referendo porque diz ele só quem tem medo de perder nas urnas se recusa a ir a votos. Nada de mais mentiroso e hipócrita. Tal como defendi no 1º referendo da Interrupção voluntária da Gravidez há coisas que não devem ser referendáveis. Os direitos, liberdades e garantias são essas dessas coisas.

Etiquetas:

quinta-feira, dezembro 17, 2009

Parabéns Simpsons

video

.

20 anos é de facto muito tempo. mas é esta a longevidade que a melhor série de sempre da televisão tem. Acho até que sobre os Simpsons já tudo foi dito e redito mas como gosto de pensar que conseguimos sempr fazer algo mais deixo-vos aqui aquilo que se calhar menos pessoas conhecem dos bonecos mais amarelos do planeta. As pessoas que fazem as suas vozes.

Have fun

Etiquetas:

A frase da semana

"O governo do PS compõe-se de dois grupos: um formado por gente totalmente incapaz, e outro por gente capaz de tudo."
.
Obrigado Rui pelo mail

Etiquetas:

quarta-feira, dezembro 16, 2009

Porque me apeteceu

videoPorque ainda me acredito nos Homens

Etiquetas:

segunda-feira, dezembro 14, 2009

Bem dadas

.
Houvesse mais gajos a terem atitudes destas de certeza que haveria menos corruptos no poder. Podem achar radical mas a verdade é que a descrença na forma tradicional de luta é tão grande que não consigo arranjar argumentos para repudiar a atitude do cidadão que deu com a réplica da catedral nas "fuças" do Berlusconi.
Tem todo o meu apoio. Já agora em Portugal com umas réplicas que há por aí do cristo rei em forma de taco de basebol há também us candidatos a serem "enchertados".

Etiquetas:

Para quando o fim disto

O Seixal continua nas bocas do país pelos piores motivos. Desde as avenças suspeitas, ás águas contaminadas na antiga Fábrica da Pólvora, passando pelas cenas tristes da última campanha eleitoral chegando aos desacatos na Quinta da Princesa. Tudo problemas que ocuparam e ocupam jornais nacionais e que dão ao Seixal o mau nome que cada vez mais vai criando forma.
Um desacato que começou no Rio Sul Shopping com uns tiros alastrou rapidamente e acabou na Quinta da Princesa com mais tiros levando a que 8 pessoas fossem feridas. Não me preocupam muito os feridos. Estavam lá porque queriam tanto quanto me é dado saber. Faziam parte do embrulho. O que me preocupa é a impunidade com que estas coisas são tratadas. A polícia ou as autoridades competentes nada fazem. O poder local assobia para o lado e pior. Não aprende com os erros e pretende continuar com este tipo de bairros, quando é certo que este sistema falhou. A sociedade assiste impávida e serena sem esboçar uma reacção que seja.
Será que é preciso que o problema alastre mais que os bairros da Jamaica ou da Princesa. Ou será por outro lado que o problema do roubo e especialmente do tráfico de droga não chega para que as autoridades fiquem alerta e tomem atitudes. mas atitudes sérias. Não como fizeram no bairro de Sta Marta em que se realizaram 5 ou 6 operações com algum sucesso e agora tudo esteja a voltar ao "normal" que é como dizer, a droga começa a voltar. Chamar-lhe-ia acções de fachada. Ou será que a nossa polícia no caso da Droga só actua para o espectáculo e aposta nas encenações especialmente nos desmantelamentos de grandes operações de entrada de droga no país. Acções essas que não são mais que atirar areia para os olhos das pessoas pois por cada tonelada apreendida posso quase garantir que entram 3 vezes mais noutro lado. Ou pensam que algum desses grandes "dealers" tem problemas em perder 1 tonelada de droga que a preço de custo para o traficante graúdo não passa os 500 000 euros. Muito longe dos milhões que eles representam em "mercado".
Parece que a nossa polícia tem medo de actuar no terreno. No sítio onde doi. No pequeno traficante que inunda literalmente as áreas de influência. E por pequeno traficante entendo estes pseudo gangs de miúdos e graúdos parvos que o problema que têm é verem filmes a mais. Se se trabalhasse como deve de ser na nossa polícia de certeza que eles estavam todos onde deviam. Na prisão. Já agora e para quem conhece a zona. Não é com 4 ou 5 carros celulares a patrulharem a zona sem acção que as coisas se resolvem.
Enfim. Espero ver o meu concelho nos jornais um dia destes. Mas por bons motivos. É que por causa dos maus já começo a ficar farto.

Etiquetas:

quarta-feira, dezembro 09, 2009

O Troll vai estar encerrado até 2ª feira

Por razões que devem depreender do post anterior o Troll está solidário e de luto. Por isso vamos "encerrar" a nossa assoalhada até à próxima 2ª Feira. Espero que todos os nossos leitores entendam isso. Porque há alturas que qualquer outra coisa não faz sentido. Esta é uma delas.

Etiquetas:

Quando as palavras não saiem

Há alturas na vida em que as palavras faltam para dizermos aquilo que deveriamos mesmo dizer. Mas as palavras como muitas outras coisas têm uma vida própria e nem sempre seguem o caminho certo. Hoje foi um desses dias. Tirando um "Se precisares de qualquer coisa ...", tão banal e sem sentido não sabia o que dizer. Claro que nestas alturas quandos e perde alguém muito querido se precisa sempre de qualquer coisa. Quanto mais não seja um ombro para poder desabafar aquilo que à frente da família não podemos fazer porque temos de parecer fortes e controladores da situação.
Costumo dizer que entre amigos quando um perde o outro também perde. Porque a dor de um, embora incomparável tem reflexo no outro. Por isso se chama amigo(a) e não conhecido ou outra qualquer coisa. Por isso os amigos deveriam estar sempre lá. Mesmo quando não podem, têm de arranjar uma forma de poder estar e por isso hoje estou irritadíssimo comigo mesmo por não conseguir ter forma de estar ao lado e de te "amparar" numa altura destas.
Costuma-se dizer que mãe há só uma. É um facto. E é insubstituível seja em que altura da nossa vida fôr. Faz-nos sempre falta. Podemos atenuar a dor ou podemos envia-lá para um qualquer canto do nosso íntimo mas ela estará lá sempre conosco. A mãe e a dor e a presença de ambas é que te vai permitir criar o equilíbrio para poderes dar aquele apoio necessário a todos os que cá ficam.
Independentemente das palavras continuarem a não querer saír, talvez por não saberem como ou por eu não ter mesmo jeito para a coisa quero que saibas que estremos cá sempre. Para o que precisares. Força é a única coisa que te posso "desejar" agora.
Bora lá para cima Isabel, que uma "gaja" como tu não se abate, nem se deixa abater.

Etiquetas:

Votações esclarecedoras I

Etiquetas:

segunda-feira, dezembro 07, 2009

Troll Serviço Público

Como talvez já seja do conhecimento de todos vós, a partir de Julho de 2009 é permitido a qualquer Cidadão acompanhar os seus Pais, Filhos, Familiares e Amigos dentro dos Hospitais, mais precisamente, nos Serviços de Urgência do Serviço Nacional de Saúde, conforme consta no Diário da República nº. 134 - 1ª. Série de 14 de Julho de 2009 (Dec. Lei nº. 33).
O problema é que existem muitos “Seguranças” que se encontram à porta de diversas Urgências dos Hospitais deste País, que continuam a barrar o acesso aos Familiares de Doentes que entram nas Urgências o que não pode acontecer, por isso, se possível, andem sempre com uma cópia deste Dec. Lei na vossa carteira. Assim, todos nós ficamos a saber que ninguém ficará abandonado numa maca de um qualquer Hospital deste País e/ou num qualquer corredor de Hospital, sem a devida assistência.
É que ainda não há muito tempo estive num hospital ee assiti a uma "cena" por causa destas coisas.

Etiquetas:

Papa Rat em Portugal

Não que me interesse, pois eu quero ver se nessa altura estou fora do país, que eu nunca gostei de más companhias nesta canto á beira mar, e o Papa Rat pertence ao grupo, que inclui por exemplo o Presidente da China, Coreia, o Bush ou mesmo o Presidente do Irão entre outros e isto para falar só em chefes de Estado ou ex chefes de estado.
Mas segundo o que consta "no dia 12 de Maio, segundo dia da visita, o Sumo Pontífice recebe em audiência o primeiro-ministro, José Sócrates, e reúne-se com «figuras da cultura portuguesa», ..." diz o IOL citando fonte de Belém.
Estou curioso para saber quem são as figuras da cultura portuguesa que vão ser convidados. Será que José Saramago, Ricardo Araújo Pereira, Bernardo Sasseti ou Maria João Pires são convidados? É que seria bom sabermos antecipadamente se só as figuras da cultura que sejam católicas e submissas ou mesmo todos as figuras da cultura serão convidadas.

Etiquetas:

Já nem vergonha há

Ou seja, não há pejo nenhum em admitir que quase metade dos trabalhadores do sector textil tem de sobreviver com o ordenado mínimo. Já agora dos 60% que sobram quantos pertencem a empresas de trabalho temporário. Se calhar ficavamos a saber que os nossos "empresários" nãopassam de um exploradores que querem a todo o custo manter os baixos salários.

Etiquetas:

sexta-feira, dezembro 04, 2009

Novas informações sobre a Gripe A

BELL TOLLING for the Swine Flu (CAMPANAS por la gripe A) subtitled from ALISH on Vimeo.

Foi há precisamente 5 anos

Dado que estive fora do país por uns dias não pude assinalar a nossa data. O dia 2 de Dezembro. Perguntam-se vocês quem é que somos nós da nossa data e o que é que se passou nessa data. Pois é o nós são o João, o zoingo, A Isabel, o Leal e eu e a data é a da fundação do Troll. Ou melhor do início das emissões regulares, pois o 1º post foi colado a 30 de Novembro com a nossa carta de intenções. Nessa altura eramos 3. O João, o zoingo e eu. Depoios disso várias pessoas tiveram participações semi regulares no Troll. O Gil e o Chora por exemplo. Hoje somos 3 residentes. A Isabel (que falta fazes a esta casa mas eu compreendo a situação. Volta rápido) e o Leal Franco que à medida das suas possibilidades vai dando uma perninha e eu.
São 5 anos de postas, umas melhores outras piores. Umas correctas outras incorrectas. Umas com sentido e outras sem sentido nenhum. Foram coisas pessoais e outras de sociedade. Foram coisas boas e más. Foi uma mudança de habitação aqui para o blogspot. Foram 5 anos em que conseguimos em certas alturas fazer opinião. Foram 5 anos dos quais me orgulho. Acho até que devemos ser dos blogues mais antigos deste país e isso só por si é um factor de regozijo. Tivenmos nestes anos milhares e milhares de visitantes. Uns mantêm-se desde a 1ª hora. Outros foram e vieram. Tivemos comentadores que se tornaram amigos e até companheiros de luta. Tivemos outros que tivemos de denunciar a autoridades competentes. Tivemos aqui pessoas simpáticas e outras desprezíveis.
Não sei qual vai ser o futuro do Troll. Acho que ninguém sabe. O futuro é isso mesmo. Incerteza, dúvida e acima de tudo esperança.
Parabéns por isso ao Troll Urbano.

Etiquetas:

segunda-feira, novembro 30, 2009

Put the creame - The game

Zézé Camarinha é um icon da nossa cultura. É incontornável. Agora ficou para a posteridade e o seu nome imortalizado nos video jogos. É o primeiro jogo conhecido sobre uma personagem da nossa cultura. Louve-se o facto.
Deixo-vos para o feriado que aí vem. Divirtam-se com o "Put the cream - The game"

Etiquetas:

Ligação em Alta velocidade a Espanha

Recebi o texto que se segue por E-Mail. Vem de uma pessoa que tem ideia e fala pelo que me foi possível apreceber com conhecimento de causa e isto nada tem a ver com o facto de eu concordar com ele até porque não sei quem é sequer. Podem consultar as suas ideias aqui no "Maquinistas"
.
Tendo em conta as actuais limitações económicas do nosso país, será muito improvável avançar desde já com a construção da terceira travessia sobre o Tejo entre Chelas e o Barreiro, que seria das maiores pontes do mundo e que iria custar, incluindo os respectivos acessos, vários milhares de milhões de euros. Poder-se-ia construir o troço de Badajoz até ao Pinhal Novo, aproveitando a estação ali existente, que possui seis vias na sua plataforma, duas das quais estão sem utilização. Esta solução seria perfeitamente exequível e o investimento necessário estaria ao alcance de Portugal, tendo em conta as ajudas dos fundos comunitários. A Espanha já está a construir a linha de Alta Velocidade (AV), em bitola (distância entre carris) europeia, desde Madrid até Badajoz e espera concluir a obra em 2013. Segundo vários especialistas, o prazo de quatro anos é realista, por esta via utilizar terrenos mais favoráveis do que a via Madrid-Sevilha (470 Km), que também foi terminada no mesmo prazo, mas de construção bem mais complicada. Se nada for construído, em território nacional, os comboios só poderão circular de Madrid até Badajoz e o tráfego será muito baixo, pois a região de Lisboa será um importante gerador de tráfego que ficará excluído. Quando foi construída a autovia desde Madrid até Badajoz, do lado português houve um atraso de cerca de dois anos na construção da auto-estrada, a A6. Durante esse período, as viaturas - ao chegarem a Badajoz -, podiam continuar a viagem para Lisboa pela antiga Estrada Nacional. No caso dos comboios de bitola europeia, se não existir qualquer via deste tipo, desde a fronteira até Lisboa, estes serão obrigados a terminar a viagem em Badajoz. A Espanha terá que investir milhares de milhões de Euros em várias centenas de quilómetros da nova via e terá um retorno muito baixo, relativamente ao que esperava, e a região de Lisboa ficará isolada da nova rede ferroviária, o que provocará graves prejuízos para a economia da nossa capital. Convém recordar que o material circulante vai ter que ser encomendado três anos antes da obra estar terminada.
.
O QUE SE DEVERIA FAZER?
A melhor solução seria terminar o troço Pinhal Novo-Badajoz em 2013, de modo a conectar a região de Lisboa à rede de bitola europeia. Este troço de 180 Km será, provavelmente, o mais simples e barato de construir em toda a Europa por atravessar uma região plana e de baixa densidade populacional. A linha de bitola europeia, que vem de Madrid até Badajoz, deveria ser prolongada para se ligar aos dois nós da nossa rede ferroviária: Pinhal Novo e Poceirão Pinhal Novo é um nó de passageiros que mais tarde será ligado a Lisboa. Poceirão é um nó de mercadorias que deveria ser conectado a Sines e Setúbal.Para cumprir esta finalidade, basta só unir a linha mista - de mercadorias e passageiros - em bitola europeia, desde Badajoz até ao Pinhal Novo, porque é a intercepção de várias vias, e no Poceirão ligar aos portos de Setúbal e Sines. Este troço poderia ser comum à futura linha para o Algarve, evitando, assim, a construção de uma via "diagonal" Sines-Évora-Badajoz que é uma redundância, em bitola ibérica, uma vez que esta distância entre carris vai deixar de existir nos próximos anos. No Pinhal Novo, os passageiros já podem ir de comboio suburbano para diversos pontos de Lisboa e da margem Sul, ou de longo curso, no Alfa Pendular e Intercidades, para o Algarve e para o Norte do País.Quem quisesse poderia utilizar a viatura particular, estacionando o seu automóvel na estação do Pinhal-Novo, em vez de o fazer em Badajoz, o que pouparia tempo, num percurso de ida e volta de cerca de 360 Km. Do Pinhal Novo a Lisboa são 25 Km que podem ser efectuados, em 25 minutos, através da Ponte Vasco da Gama. Mais tarde, e quando o país tiver maiores disponibilidades financeiras, seria construída a terceira travessia sobre o Rio Tejo, desde o Pinhal-Novo até a Lisboa, o que seria uma obra que permitiria uma construção faseada, até se atingir o objectivo final de ligar a estação central de Lisboa à rede de bitola europeia.
.

Etiquetas:

Meu querido Pai Natal



Este ano levaste o meu cantor e dançarino preferido, o MICHAEL JACKSON, o meu actor preferido PATRICK SWAYZE, a minha actriz preferida FARRAH FAWCETT... só te quero recordar que o meu político preferido é o JOSÉ SÓCRATES!
.
PS: Anexo foto para não te enganares

Etiquetas:

sexta-feira, novembro 27, 2009

Aprovado

Hoje parece que é dia de falar dos filhos mas quando se é um pai babado tem de ser mesmo assim. O André é daqueles miúdos que até hoje, com 10 anos, nunca me deu um motivo de preocupação. Aluno excelente, bem comportado e atleta (guarda redes) de futebol competente e aplicado. Este ano no entanto começou uma nova aventura. A da mudança de escola para o 2º ciclo, uma escola maior, com meninos mais velhos e mais sabidos, com 9 professores em vez da simpática professora do 1º ciclo e com novos hábitos como o de almoçar na escola, gerir melhor os tempos e gerir melhor as relações inter-pessoais entre tantas outras. A tudo isto ele respondeu com nota 20. No outro dia veio ter comigo e perguntou o que é que eu achava de ele participar no apuramento da escola para a competição inter-escolas de Corta Mato. Não percebi a ideia. Ele sempre foi mais virado para os desportos colectivos que outros mas a justificação dele convenceu-me. Não podia ser Futsal ou Andebol porque não quer perder a noção da baliza de futebol de 11. Não gosta de voley e o Basquetebol não tinha horários compatíveis com as aulas dele. E também porque gostava, dizia ele de experimentar uma coisa em que não se dependesse de mais ninguém.
Foi então ele treinar com o professor de educação física e com os outros miúdos que também iam participar. Hoje foi o dia da prova. Apuravam-se os 10 primeiros para o inter escolas concelhio que apurará para o distrital e assim por diante até ao nacional. Para meu espanto apurou-se. Não que duvide das suas capacidades mas porque não se pode ganhar sempre. A realidade é que hoje ele provou a si próprio que com querer e vontade tudo é possível. Ele quer, acredita e trabalha para atingir o que quer. Mais uma vez saíu premiado.
Parabéns Trollinho.

Etiquetas:

Uma data histórica


Aos 10 meses e 12 dias o Miguel gatinhou!!!!!!!!!!! Para a frente entenda-se, que para trás aquilo já era um "vê se te avias".
Acabou-se o sossego a partir desta data mas como os meus filhos têm uma diferença de quase 10 anos já me tinha esquecido da felicidade que são estes momentos.
Daqui para a frente é sempre a abrir e já não há coisa em casa que esteja a salvo das mãos do pestinha.
O que ele não quer mesmo cá para fora é os dentes. Tem 6 prontinhos a saír que não querem ver aluz do dia. Se eles se lembram de saír todos juntos vai ser o bom e o belo lá em casa.

Etiquetas:

Rádio Amália

Tenho estado com alguma atenção a ouvir a nova rádio que surgiu numa frequência (92.0 em Lisboa e arredores) que antigamente era utilizada pela moribunda e horrível Nova Antena (RNA). Chama-se Rádio Amália e como o nome indica é uma rádio dedicada á canção popular portuguesa, o fado. Única e exclusivamente o fado. Com algumas conversas pelo meio, sobre o tema, as notícias e pouco mais.
Aqui o Troll só pode saudar este aparcimento pois como toda a gente sabe que eu adoro fado. Se já tinhamos rádios dedicadas á música clássica, ao techno, ao hard rock e ao pop podemos ter um dedicado à nossa canção popular. Não sei se vai ser viável a médio longo prazo. Se vai ter audiências mas eu já a sintonizei e gravei no meu carro. É que numa época em que bons nomes do fado consolidam e expandem carreiras como o caso da Mariza e do Camané, em que outros se fixam no panorama nacional, onde e já um pouco internacional como a Joana Amendoeira, consagrados como o Carlos do Carmo têm novo folego internacional e outros que deslumbram no início de carreira como a Carminho é bom ouvir também os seus antecessores, icones do fado e que têm andado um pouco esquecidos como Cesar Morgado, Cidália Moreira, Lucília do Carmo, Tristão da Silva, Herminia Silva ou Alfredo Marceneiro entre tantos outros. É isso que se passa na rádio Amália.
Sinceramente não gostei. Adorei. E por isso divulgo aqui neste meu humilde espaço.

Etiquetas:

quinta-feira, novembro 26, 2009

Não percam este video!

terça-feira, novembro 24, 2009

Pensamento do dia, do més ou mesmo do ano

A maioria dos políticos portugueses são católicos praticantes.
Nunca assinam nada sem terem um terço na mão.

Etiquetas:

Não me lixem II

A conversa do Governador do Banco de Portugal e o do Minístro das Finanças já enjoa. Especialmente porque um o cargo público mais bem pago em Portugal e porque o outro sempre que pode dá a facada em quem menos ganha para manter o seu orçamento de favor aos grupos económicos.
Este ano e para não variar Constancio volta à carga com a contenção salarial. Já lá vão 10 anos a dizer ano após ano a mesma coisa. A bem da economia é preciso que as pessoas ganhem pouco. Porque só assim as empresas são competitivas. O que ele nem o Ministro das Finanças foi capaz de explicar de que é que nos servem as empresas muito competitivas se depois temos a esmagadora maioria da população sem dinheiro para comer. Servem para termos bons indicadores, para termos grandes estatísticas e depois caímos na real e voltamos a passar fome.
Já não há paciência para este discurso de ser o pobre a pagar a crise. Em vez de ler a cartilha neo liberal porque não pegar nos escritos de Henry Ford sobre a concepção que se deve ter sobre o salário dos trabalhadores. E com ele funcionou.
Já agora taxar as fortunas que se fazem à conta dos suores de quem ganha mal não é ainda solução para estes senhores pois não?

Etiquetas: