« Home | Eurofestival 1982 » | Porque a SIDA existe » | Toca a assinar a petição para ver se conseguimos q... » | Se pensam que me ***, é porque nem se apercebem qu... » | Uma questão de credibilidade » | BOM DIA!!!!! » | Que silêncio ......... » | Congresso leonino » | O PS avisou... » | Domingos Névoa, administrador da Bragaparques, con... »

quinta-feira, abril 02, 2009

Frutas e legumes

Eu acho um piadão ás recomendações do Parlamento ao Governo que vocês nem calculam.
Mas a recomendação 24/2009 de 1 de Abril então é hilariante. Até parece mentira.
.
Eu até entendo a ideia. Melhorar o que os nossos alunos comem. E é louvável. Acho até que já aqui escrevi sobre a luta que o brilhante cozinheiro, (e estrela de televisão inglesa) Jamie Oliver, travou no Reino Unido por esta causa. Mas há que contextualizar as coisas. No Reino Unido os refeitórios são um serviço da escola assegurados pelo seu Ministério da Educação ou lá que nome tenha. Digam-me cá quais são por exemplo as escolas do ensino básico que tenham esse serviço fornecido pelo nosso Ministéro. Nenhuma. Porque as escolas primárias são uma competência camarária. Mas pior que isso. Normalmente esses serviços são entregues a Associações de pais que gerem os ATL da Escola e que por norma contratam esse serviço a alguém. Pior ainda quando sabemos as dificuldades económicas dessas mesmas associações. Logo no ensino básíco onde essas boas práticas deveriam ser assimiladas não há possibilidade de se emplementar o plano.
Vamos aos graus 2 e 3 de ensino. Só faço uma ergunta. Conhecem alguma escola em que o refeitório seja competencia directa do concelho executivo? Também me parece. Se há são uma minoria.

Etiquetas:

1Comenta Este Post

At 4/03/2009 4:26 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Enviar um comentário

<< Home