« Home | O que dizer a isto? » | Sobre posts » | Autoeuropa » | Dias » | Sabedoria popular » | São pessoas » | Músicas » | Vamos então às outras... » | E depois??? » | Santa ignorância...a minha! »

quinta-feira, maio 21, 2009

Outra vez Manuel Pinho

Hoje de manhã acordei com o minístro Manuel Pinho a dizer que espera que os trabalhadores da Autoeuropa encontrem a bem da estabilidade do emprego as soluções para a flexibilidade da empresa.
Fica-lhe bem esta preocupação com a empresa e total desrespeito pelos trabalhadores. Mas não me espanta. Já da última vez em que houve um acordo de empresa chumbado por votação dos trabalhadores, este mesmo senhor não se inibiu de chamar parvos aos trabalhadores por não quererem assinar as migalhas que a empresa lhes queria dar.
Quando um 1º ministro não despede um incompetente destes pouco mais há a dizer. É porque concorda com ele.

Etiquetas:

8Comenta Este Post

At 5/21/2009 12:38 da tarde, Blogger Tiago de la Rocha escreveu...

É importante que os trabalhadores percebam que não estão em condições de exigir - não têm margem de manobra. E o caso é bem simples: ou aceitam, ou ficam sem emprego. E claro, o Estado com mais um punhado de desempregados nos braços, portanto penso ser legítima a declaração do Ministro.

 
At 5/21/2009 11:43 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Depois do Manuel Pinho, o tubarão Belmiro de Azevedo tambem vem criticar os trabalhadores da Auto Europa.

É preciso lata

 
At 5/22/2009 11:32 da manhã, Blogger Daniel Arruda escreveu...

Tiago, não é bem assim mas é a tua opinião.
Por acaso sabes o que está em causa e qual a história que acompanha este processo ao longo dos últimos 8 anos.
É que se te deres ao trabalho de veres isso verás que os trabalhadores já deram tudo o que podiam.
Já agora esta não é uma questão de competitividade da empresa. É uma teimosia de um administrador que quer acabar o seu mandato com esta joia na coroa. A empresa como está é das mais competitivas.

 
At 5/22/2009 2:22 da tarde, Anonymous armenio escreveu...

oh tinotrollen pq isso estavas a espera de ver o pinho abraçado ao antonio chora e a dizer q era contra a autoeuropa.
vai la ao afeganistao perguntar as mulheres q trabalham na plantaçao de drogas se queriam deixar de receber umas horitas trabalhando numa fabrica de carros

 
At 5/22/2009 4:07 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Noticia do Expresso on-line, as negociações estão encerradas e a partir de Setembro a Auto Europa só terá um turno.

Noticia do Publico on-line, o director geral da Auto Europa quer continuar as negociações com os trabalhadores, vai encontrar-se com o Antonio Chora já na segunda feira, e espera que o plenário de sexta-feira já não se realize.

Afinal para um jornal, o Expresso, as decisões estão tomadas, e nada de negociações.

Para o Publico, há disponibilidade da Administração para negociar e até já marcaram reunião com a comissão de trabalhadores.

Alguem consegue perceber?

 
At 5/22/2009 5:37 da tarde, Blogger Daniel Arruda escreveu...

Anónimo das 4.07, para mim que tenho 15 anos de empresa as notícias pouco me dizem. Quem sabe o que se passa lá não consegue levar a comunicação social a sério.

 
At 5/22/2009 6:54 da tarde, Anonymous Pedro Tarquínio escreveu...

Comparo mais as declarações do belmiro a uma hiena ou abutre, animais necrófagos que aproveitam as fragilidades alheias para obterem proveito próprio.

 
At 5/25/2009 11:44 da manhã, Blogger Tiago de la Rocha escreveu...

Daniel, compreendo perfeitamente. Mas isso não é da competência do Ministro, é problema interno da empresa. O ministro apenas cumpre o seu papel, isto é, olhar pelo bolso do Estado. Portanto compreende-se aqui o papel dele, penso, eu faria o mesmo.

 

Enviar um comentário

<< Home