« Home | Para quando o fim disto » | O Troll vai estar encerrado até 2ª feira » | Quando as palavras não saiem » | Votações esclarecedoras II » | Votações esclarecedoras I » | Troll Serviço Público » | Papa Rat em Portugal » | Já nem vergonha há » | Novas informações sobre a Gripe A » | Foi há precisamente 5 anos »

segunda-feira, dezembro 14, 2009

Bem dadas

.
Houvesse mais gajos a terem atitudes destas de certeza que haveria menos corruptos no poder. Podem achar radical mas a verdade é que a descrença na forma tradicional de luta é tão grande que não consigo arranjar argumentos para repudiar a atitude do cidadão que deu com a réplica da catedral nas "fuças" do Berlusconi.
Tem todo o meu apoio. Já agora em Portugal com umas réplicas que há por aí do cristo rei em forma de taco de basebol há também us candidatos a serem "enchertados".

Etiquetas:

7Comenta Este Post

At 12/14/2009 12:25 da tarde, Blogger cicuta escreveu...

Assino por baixo.
Vou ver se arranjo, uma estátua do D. Pedro V (Rossio de Lisboa) com coluna está claro, acho que estaria à maneira...

 
At 12/14/2009 12:49 da tarde, Blogger Daniel Arruda escreveu...

Cicuta, bem visto. Eu, se calhar pela próximidade do monumento não me lembrei da estátua. Mas também serve
:)

 
At 12/15/2009 5:30 da manhã, Blogger Leal Franco escreveu...

Pena é que a cacetada tenha sido só de raspão. Em cheio seria mais interessante

 
At 12/15/2009 3:26 da tarde, Blogger Filipe de Arede Nunes escreveu...

Daniel,

É lamentavel o apelo/justificação da violência!

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

 
At 12/17/2009 1:22 da tarde, Blogger Daniel Arruda escreveu...

Filipe, a violência quando justificada é uma forma de luta como outra qualquer. Mais ainda quando é direccionada sem interferir ou magoar terceiros. Neste caso foi pena ter sido com pouca força.
Volto a dizer. Mais exemplos destes houvesse.

 
At 12/17/2009 10:26 da tarde, Blogger *JjS* escreveu...

'Bora lá para a luta armada, pá!
metemos umas bombas debaixo do cu de cada capitalista, arranjamos uns voluntários suicidas para arrazarem o conselho de ministros e despejarem ácido sulfúrico na banheira do Cavaco e por aí fora. Achas bem? Queres mais ideias?
Podemos formar a ETA da Arrentela. Alinhas? E o Braço Armado do BE. Até dava uma sigla muito apelativa: BE(BA). Agrada-te?
Isto é que era violência revolucionária!

O que dizes, desculpa lá a franqueza, é uma redonda idiotice. Eu desejo uma sociedade menos violenta, onde vençam a razão,a justiça e o amor.É essa a minha revolução e é por isso que me sinto de esquerda.
Saudações

 
At 12/18/2009 9:43 da manhã, Blogger Daniel Arruda escreveu...

JjS, podes ter a ideia que quiseres. De facto em casos excepcionais não é a minha. Não acho, como nunca achei que a luta armada seja uma coisa descabida.
Até te digo mais, se tu te acreditas que alguma vez o mundo passará a ter uma política verdadeiramente socialista sem luta armada vou ter de te chamar utópico. Ou tu achas que as forças instaladas vão entregar o poder, mesmo que os cidadão o queiram de forma pacífica? Não deves ter visto a acção das forças policiais ao serviço do sistema na Cimeira de Copenhaga sópara dar um exemplo recente pois podia dar outros.
Desculpa mas eu para Ganghi não dou. Dar a outra face é coisa que não me entra na cabeça.

 

Enviar um comentário

<< Home