« Home | Bússola eleitoral » | Domingos Lopes » | Sócrates nos Gatos » | A nossa escolha » | Eros » | Uma ausência não explicada » | 1º dia de aulas » | Algumas notas sobre o Programa do Bloco de Esquerd... » | Sobre trovoadas e afins... » | Músicas com palavras, História, sonhos e mais umas... »

sexta-feira, setembro 18, 2009

Ainda Filipa de Castro ...

... ou a versão pós moderna do clássico do Marco Paulo, "Eu tenho dois amores"!!!!!!!
.
Ontem não tive hipótese de vir ao computador pelo que não postei sobre a notícia do momento aqui no meu concelho. E perguntam vocês qual é que é a notícia do momento. Será que é o pagamento indevido feito por Alfredo Monteiro? Será que é a questão social da Quinta da Princesa? Será que é o problema da mobilidade interna e externa do concelho? Será que é o concurso público para admitir aos quadros o enorme número de trabalhadores que estão a recibo verde? Será outro qualquer tema político? Claro que não. Porque há candidatos que não querem discutir política porque não sabem sequer o que é isso.
O tema do momento é outra vez (ver aqui post anterior sobre este tema) Filipa de Castro. Sim ela mesmo. Segundo notícia de ontem do Correio da Manhã e já por mim confirmada a senhora chateou-se com o seu amigo Samuel Cruz e deixou de ser mandatária para a juventude do PS Seixal. Podia-se dizer que era um arrufo. Mas o que tem mesmo piada são as duas coisas a seguir. É que parece que a "senhora" vai ser mandatária até ao fim da campanha pelo PSD Seixal, a fazer fé na mesma notícia e isso já não consegui confirmar.
O que eu sei é a razão da desavença e como tem piada vou compartilhar com vocês. Filipa de Castro queria organizar uma festa na praia no ambito da campanha, o que era já de si sui generis pois o concelho do Seixal não tem praias, pelo menos marítimas e as fluviais são duvidosas. Mas não era uma festa qualquer. Era uma festa para a "nata", o "crême de la Crême" dos seus amigos e que têm tal como ela, pouco a ver com o Seixal. Dada a ausência de praia no Seixal, a "senhora" pôs a hipótese de se fazer a festa da campanha do Seixal na vizinha Almada. o que era preciso era fazer a festa do jet 6. Acho que a candidatura não esteve pelos ajustes e vai daí chatearam-se.
Aguardo agora pela festa organizada pela nova mandatária da juventude do PSD Seixal em Almada para ver se vai ser assim tão boa que justifique uma página no Correio da Manhã.
Mas gostaria de deixar um pedido se possível. Façam-na depois da campanha. É que a minha agenda até dia 11 está cheia com compromissos políticos, familiares e de trabalho e duma festinha depois de duas campanhas sabe sempre bem. Assim como assado aquilo não tem relevancia política por isso pode ser feita antes ou depois. tanto faz.

Etiquetas:

4Comenta Este Post

At 9/18/2009 10:26 da manhã, Blogger Filipe de Arede Nunes escreveu...

Caro Daniel,

Anda a quebrar várias vezes a sua regra de não escrever sobre o Seixal neste blogue.

Seja como for, e porque quero ajudar em dia de debate em Corroios, deixo-lhe este link (http://pauloedsonc.blogspot.com/2009/09/polemica.html) para emendar o seu texto em conformidade.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

 
At 9/18/2009 11:01 da manhã, Blogger Daniel Arruda escreveu...

Caro Filipe, isto não é escrever sobre o Seixal. aliás referi ou dei a entender que este post era sobre cuscuvilhice pura e simples, e acho que ficou claro (Se não ficou foi uma posta falhada) que toda esta situação me diverte não lhe dando nenhuma relevancia política.
Até me fiz convidado para uma festa.

Tenho-me mantido fiel ao princípio (salvo raras excepções) de não escrever sobre a campanha no Seixal nesta casa agora não podia deixar escapar uma cusquice destas.
Concordará comigo que a situação está boa demais.

No entanto o seu comentário deu-me uma ideia de fazer uma posta mais séria sobre este caso. Daqui a pouco estará disponível para leitura.

 
At 9/18/2009 11:02 da manhã, Blogger Daniel Arruda escreveu...

Só uma nota. Apesar da posta ser de brincadeira a história da festa é verdadeira e foi de facto a razão de se terem chateado por muito que agora venham dizer o contrário.

 
At 9/18/2009 1:30 da tarde, Blogger Filipe de Arede Nunes escreveu...

Caro Daniel,

Eu próprio ireia ainda escrever sobre este assunto.

Quanto à sátira presente, penitencio-me por não a ter compreendido em toda a sua amplitude.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

 

Enviar um comentário

<< Home