« Home | 1º dia de aulas » | Algumas notas sobre o Programa do Bloco de Esquerd... » | Sobre trovoadas e afins... » | Músicas com palavras, História, sonhos e mais umas... » | 11 de Setembro » | Afinal as contas da Camara do Seixal estão engrosm... » | Até já camarada » | Os fantasmas ganharam o debate! » | Se não dá lucro não serve » | Jerónimo de Sousa no Público »

segunda-feira, setembro 14, 2009

Uma ausência não explicada

É sempre bom saber que há soberanceria na minha Camara Municial e que tenho um presidente que acha que não tem de prestar contas nem precisa de dar explicações. Só assim se percebe que falte sem explicações a entrevistas especialmente ao jornal on-line mais lido no distrito. Que ele não tenha vontade de se explicar depois de tantos anos de poder absoluto até entendo. O que eu não entendo com a experiencia que ele tem é que não entenda que o tempo mudou e que o absolutismo no Seixal já era.
Enfim. As atitudes são sempre para quem as pratica. E a ausência do debate é daquelas que só não dignifica quem a praticou.

Etiquetas:

4Comenta Este Post

At 9/15/2009 1:33 da tarde, Blogger Filipe de Arede Nunes escreveu...

Reafirmo que me apraz vê-lo escrever sobre o Seixal, ainda que compreenda porque não o faz mais vezes neste espaço. Subscrevo, integralmente, a sua opinião.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

 
At 9/15/2009 2:32 da tarde, Anonymous Anónimo escreveu...

Ontem em Corroios, parece que o Francisco Lopes , ( olha quem ...), foi especialmente agressivo com o Bloco.

 
At 9/15/2009 4:21 da tarde, Blogger Daniel Arruda escreveu...

Filipe, já agora retribuo porque soube das conclusões do debate de FF pelo seu blog (a opinião dos meus camaradas é como deve calcular subjectina e parcial). Pode ser que até ao fim da campanha o faça mais vezes aqui no Troll.
Já agora espero por si na 6ª feira em Corroios. Teria um enorme prazer em poder beber um café consigo e conhecê-lo.

 
At 9/15/2009 4:24 da tarde, Blogger Daniel Arruda escreveu...

Anónimo, devo dizer que a visita do fransisco Lopes me passou ao lado mas também tenho de dizer a bem da verdade que se há pessoa que no PCP me merece total desprezo pela sua forma de falar e de debater é ele. Há 4 anos na última campanha a sua acção foi vergonhosa e deveria envergonhar o próprio partido.
Aliás o episódio no Parlamento em que ele pediu para trocar de lugar com outro deputado porque não se sentava ao lado da Mariana Aiveca é elucidativo da noçãoq ue este senhor tem de pluralismo.

 

Enviar um comentário

<< Home