« Home | A mercearia no Atlantico » | Fantasmas Escrevem Artigos Científicos » | A Nossa Escolha » | Contra Sócrates e a Flexisegurança » | Algumas notas sobre Lisboa » | Direitos hu..quê?????? » | Adriano Correia de Oliveira » | Obrigado Adriano - II » | Bem-vindo Makakula » | Ainda a Casa Pia »

sexta-feira, outubro 19, 2007

O problema dos homens não ajudarem mais está na motivação

Com um tanque destes até eu lavava roupa á mão.

Etiquetas:

7Comenta Este Post

At 10/19/2007 1:59 da tarde, Blogger Isabel Faria escreveu...

UM TANQUE????????
Aquilo é um lavatório, amigo...

 
At 10/19/2007 2:44 da tarde, Blogger Daniel Arruda escreveu...

Quanto tempo demoras a lavar as mãos? E quanto a lavar a roupa? Passa a ser um tanque.

 
At 10/22/2007 4:12 da tarde, Blogger JS escreveu...

Tanque ou lavatório ou mangedoura, tanto faz. É um excelente exemplo até onde pode ir o mau gosto e o desprezo pela imagem da mulher. Enfim... contradições de esquerda, como diria o meu amor.
Prefiro mesmo meter a roupa na máquina e saber que podemos passar cerca de duas horas de namoro.
Precisas de mais motivação?

Mas se tiveres assim alguma ideia interessante e motivadora para passar a ferro, gostava de saber.
:)
JJS

 
At 10/22/2007 4:40 da tarde, Blogger Isabel Faria escreveu...

JS, há roupa que não se pode lavar na máquina...deve ser para esses casos....e depois a gente também pode fazer um intervaleco de vez em quando...na esquerda...agora que são feios...são feios. Isto é, esteticamente aquilo não deve funcionar...digo eu, mas é só uma opinião. Uma bocado infundamentada,confesso.
Eu estava aqui a imaginar umas ideias que pudessem tornar suportável o passar a ferro...mas depois vinhas-me falar em contradições e eu ficava envergonhada. Não, deixo para o Daniel...

 
At 10/22/2007 4:40 da tarde, Blogger Daniel Arruda escreveu...

js, uma brincadeira nunca fez mal a ninguém e se queres saber as políticamente incorrectas e as sexistas sempre foram as que me deram mais piada.

 
At 10/23/2007 12:09 da manhã, Blogger JS escreveu...

Ok, ok. Também não sou assim tão fundamentalista. Sou capaz de fazer umas concessões a um sexismo moderado, embora tolere melhor a brejeirice (daquela mais genuína, percebem?) desde que seja assim uma coisa absolutamente motivadora para passar a ferro.
Vou tentar ler o tratado porreiro pá e encontrar as dez diferenças em relação ao outro que não era porreiro pá a ver se me motivo.
Passar aquilo a ferro é que deve ser porreiro.
Abraços
JJS

 
At 10/23/2007 9:20 da tarde, Blogger CCF escreveu...

Pior que sexismo só mesmo sexismo moderado! O que será que é? E brejeirice genuína...como será que se distingue da não genuína? Venham mas é boas ideias para passar a roupa a ferro! E sobretudo e muito mais importante boas ideias para explicar tratados aos cidadão comum!
~CC~

 

Enviar um comentário

<< Home